NOTÍCIAS

Urgente! Concurso Receita Federal é autorizado com 699 vagas

Novo concurso Receita Federal é oficialmente autorizado pelo Ministério da Economia e poderá oferecer 699 vagas de analista e auditor. Veja!

‘Se for sonho, não me acorde!’ É real… está oficialmente autorizado o concurso da Receita Federal. A portaria autorizativa assinada pelo Ministério da Economia foi publicada e confirma o aval para preencher 699 vagas de analistas e auditores.

O aval foi publicado na edição desta segunda, 13, do Diário Oficial da União. O documento está assinado pelo secretário Caio Mario Paes de Andrade.

As 699 vagas confirma a previsão antecipada pelo Sindifisco, com a seguinte distribuição:

CargoEscolaridadeVagas
Auditor-Fiscal da Receita Federal do BrasilNível Superior230
Analista-Tributário da Receita Federal do BrasilNível Superior469
Total699

Para ambos os cargos, a Receita Federal está com carência de pessoal grande e sem realizar concursos há anos. Para analista, o último foi em 2012, enquanto que para auditor, a última seleção ocorreu em 2014.

Como de praxe, a portaria autorizativa prevê que a publicação deve acontecer em um prazo de seis meses, contado a partir da publicação. No entanto, o tempo pode ser menor, a depender dos preparativos.

Concurso Receita: reduzido prazo entre edital e provas!

Além de autorizar um novo concurso, a Economia também concedeu aval para um pedido importante feito pela Receita Federal: a redução do prazo entre edital e provas.

Essa portaria tem se tornado comum em concursos federais, a pedidos dos órgãos ao Ministério da Economia. 

No caso da Receita Federal, o pedido já traz:

“Parágrafo único. Fica autorizada a redução, para dois meses, do prazo de antecedência mínima entre a publicação do edital de que trata o caput e a realização da primeira prova do certame.”

O aval também foi concedido nos editais da PF, PRF e CGU, por exemplo.

O prazo original seria de quatro meses. Com ele, demoraria ainda mais a realização das etapas e, com isso, a homologação do resultado final – atrasando as contratações.

A redução do prazo entre edital e provas pode, inclusive, fazer com que os exames sejam realizados ainda este ano. Isso só reforça o desejo da Receita Federal em contar com reforços de novos servidores o quanto antes.

Fachada da Receita Federal
Concurso da Receita Federal tem aval publicado e edital confirmado
(Foto: Agência Brasil)

Quando ocorreu o último concurso Receita?

A Receita Federal não realiza concurso para servidores efetivos desde 2014. Na época, a Escola de Administração Fazendária – ESAF foi a banca organizadora e o edital ofertou 278 vagas para auditor-fiscal. 

Os concorrentes passaram por provas objetivas e discursivas, que totalizaram 70 questões de múltipla escolha.

Foram cobradas disciplinas de Língua Portuguesa, Espanhol ou Inglês, Raciocínio Lógico, Administração Geral e Pública, Direito (Constitucional, Administrativo e Tributário), Auditoria, Contabilidade Geral e Avançada, Legislação Tributária e Comércio Internacional e Legislação Aduaneira.

Para analista, o último concurso é de 2012.

Quanto ganha um fiscal da Receita Federal?

Entre os atrativos do concurso da Receita Federal estão a remuneração e benefícios. Isso é um forte fator daqueles que demonstram interesse em se tornar fiscal da Receita Federal. 

A remuneração atual é de R$21.487,09 já somada com o auxílio-alimentação de R$458.

Agora imagine só: você acabou de se formar, estuda para o concurso, passa para ser fiscal da Receita Federal e no auge da sua carreira já vai estar recebendo mais de R$20 mil. É ou não é muito boa essa oportunidade?

O que é preciso para ser fiscal da Receita Federal?

O principal requisito do cargo de fiscal da Receita Federal é ter o nível superior em qualquer área. Isso mesmo, graduados de todos os cursos podem participar.

Mas, este diploma precisa ser de instituição devidamente registrada e reconhecida no Ministério da Educação (MEC).

Além desses, há ainda outros requisitos, como:

  • ter sido aprovado e classificado no concurso, na forma estabelecida em edital;
  • ter nacionalidade brasileira; no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, na forma do disposto no art. 13 do Decreto n. 70.436, de 18/04/1972;
  • gozar dos direitos políticos;
  • estar quite com as obrigações eleitorais;
  • estar quite com as obrigações do Serviço Militar, para os candidatos do sexo masculino;
  • ter idade mínima de 18 anos;
  • ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo, comprovadas por junta médica oficial;
  • apresentar declaração de bens com dados até a data da posse;
  • apresentar outros documentos que se fizerem necessários, à época da posse.

Fonte: folhadirigida.com.br/concursos/noticias/rf-mig/concurso-receita-2022-autorizado

Está gostando do conteúdo? Compartilhe.

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por assinar nossas newslatter!

Muito obrigado pela confiança e preferência. Saiba que nos enche de alegria ter você como parte do nosso sonho. Volte sempre.

Olá, posso ajudar?