NOTÍCIAS

Concurso Sefaz MG para auditor terá a organização da FGV

Conforme processo de contratação da banca organizadora, o próximo concurso Sefaz MG, com vagas para auditor, será organizado pela FGV.

concurso Sefaz MG, com vagas para auditores fiscais, será organizado pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O nome da banca consta no processo de Compras do Estado de Minas Gerais.

A empresa é considerada como vencedora do processo de licitação. Apesar disso, a banca só será oficializada à frente do concurso após a conclusão do procedimento e assinatura do contrato entre as partes. 

Com a banca definida, a expectativa é para que o edital seja publicado ainda este ano, ao longo do segundo semestre.

O número de vagas ainda não está confirmado. No entanto, a Associação dos Auditores Fiscais da Receita Estadual (AFFEMG) já adiantou que espera uma oferta de 300 oportunidades para a carreira.

Para concorrer ao posto será necessário apresentar o nível superior em qualquer área. De acordo com a folha de pagamento, a remuneração do servidor que ocupa esse o posto de auditor pode chegar a quase R$30mil.

Concurso Sefaz MG tem banca organizadora definida (Foto: Divulgação)
Concurso Sefaz MG tem banca organizadora definida
(Foto: Divulgação)

Resumo sobre a seleção

  • Órgão: Secretaria da Fazenda de Minas Gerais
  • Cargos: auditor fiscal
  • Vagas: 300 previstas
  • Requisitos: nível superior
  • Remuneração: a definir
  • Banca: FGV
  • Edital: previsto para 2022

Concurso Sefaz MG para gestor também foi cobrado

concurso Sefaz MG, com vagas para auditores fiscais, está confirmado. No entanto, um outro cargo foi cobrado pelo Sindicato dos Servidores da Tributação, Fiscalização e Arrecadação do Estado (Sinfazfisco MG), sendo este o de gestor fazendário.

Em fevereiro deste ano, a categoria foi recebida pelo então secretário em exercício na Secretaria da Fazenda de Minas Gerais, Luiz Claudio Lourenço Fernandes Gomes, para falar sobre as demandas da categoria. 

O assunto principal foi a realização do concurso para a carreira de gestor fazendário. Segundo a categoria, não há como concordar que o edital para auditores saia este ano, enquanto o outro seja publicado apenas em 2023, em uma nova administração, considerando as eleições 2022.

“Os dirigentes do Sinfazfisco MG salientaram que a categoria não os perdoaria, caso viessem a concordar com a proposta e aceitassem a realização de concurso de AFRE neste ano e o de GEFAZ para a discussão no próximo governo (com RRF e tudo mais). Isso seria  inaceitável para a categoria”, disse o sindicato.

O secretário ouviu as argumentações e colocações dos representantes, mas afirmou que não poderia dar nenhuma resposta naquele momento.

Segundo o sindicato, o concurso é a garantia de sobrevivência do cargo de gestor fazendário, que precisa se manter vivo, com pessoas na ativas, para que seja a referência dos aposentados. 

Apesar da cobrança, ainda não está confirmada a realização de uma seleção para o cargo em questão. 

O último concurso para a Secretaria de Fazenda de Minas Gerais contou com 800 vagas, sendo 400 para técnico fazendário de administração e finanças e 400 para gestor fazendário.

Para o cargo de gestor fazendário, era necessário ter o nível superior, enquanto a função de técnico fazendário exigiu apenas nível médio. A banca responsável foi a NCE/UFRJ.

Fonte: folhadirigida.com.br/concursos/noticias/sef-mg/concurso-sefaz-mg-2022-fgv

Está gostando do conteúdo? Compartilhe.

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por assinar nossas newslatter!

Muito obrigado pela confiança e preferência. Saiba que nos enche de alegria ter você como parte do nosso sonho. Volte sempre.

Olá, posso ajudar?