Edital MPU 2018: SAIU! Iniciais de até R$ 11 mil! Confira!

Ministério Público da União - MPU

O concurso mais aguardado do ano acaba de ter edital publicado no Diário Oficial da União. O Ministério Público da União (Edital MPU 2018) oferta 47 vagas nos cargos de Analista do MPU/Direito e Técnico do MPU/Administração, além de formação de cadastro de reserva.

A organização do certame está sob a responsabilidade do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos – Cebraspe que receberá as inscrições dos interessados no concurso em seu site no período das 10h do dia 23/08 até às 18h do dia 10/09. A taxa de inscrição é de R$ 60 para o cargo de nível superior e R$ 55 para o cargo de nível médio. O pagamento da taxa deve ser efetuado até o dia 1º de outubro.

Durante o período de inscrições, a solicitação de inscrição feita para o cargo de Analista do MPU ou para o cargo de Técnico do MPU poderá ser alterada no que diz respeito a: UF de vaga, cidade de execução das provas, sistema de concorrência, atendimento especial, sendo vedada a alteração de Analista para Técnico, ou de Técnico para Analista.

O edital MPU 2018 permite que os candidatos se inscrevam para os dois cargos ofertados, já que as provas serão aplicadas em horários opostos.

Quadro de vagas Edital MPU 2018
– Analista do MPU – Apoio Jurídico – Especialidade: Direito
Para Analista, são ofertadas 36 vagas nos estados do Amazonas, Amapá, Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rio de Janeiro, Rondônia, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

– Técnico do MPU – Apoio Técnico-Administrativo – Especialidade: Administração
Já para o cargo de Técnico, a oferta é de 11 vagas para os estados do Acre, Amapá, Distrito Federal, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

Confira a distribuição das vagas na tabela abaixo:

Edital MPU: quadro de vagas

Etapas do Edital MPU 2018
A aplicação das provas do concurso MPU está prevista para o dia 21 de outubro de 2018. Os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva com 120 questões e discursiva, somente para o cargo de Analista, de caráter classificatório e eliminatório.

As provas objetivas e a prova discursiva para o cargo de Analista do MPU terão a duração de 4 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 21 de outubro de 2018, no turno da manhã. A prova objetiva contará com questões de conhecimento básico: Português, Acessibilidade, Ética no serviço público e Legislação aplicada ao MPU e CNMP. E conhecimentos específicos: Direito constitucional, Direito administrativo, Direito do trabalho, Direito processual do trabalho, Direito civil, Direito processual civil, Direito penal e processual penal e Direito penal militar e processual penal militar.

As provas objetivas para o cargo de Técnico do MPU terão a duração de 3 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 21 de outubro de 2018, no turno da tarde. A prova objetiva contará com questões de conhecimento básico: Português, Acessibilidade, Ética no serviço público e Legislação aplicada ao MPU e CNMP. E conhecimentos específicos: Direito constitucional, Direito administrativo, Administração, Arquivologia e Administração financeira e orçamentária.

– Analista do MPU – Apoio Jurídico – Especialidade: Direito

Detalhes da prova para o edital MPU.

– Técnico do MPU – Apoio Técnico-Administrativo – Especialidade: Administração

Especificação de prova do edital MPU.

Requisitos e Atribuições dos cargos do MPU 2018
Para se candidatar as vagas destinadas ao cargo de Analista do MPU é preciso ter nível superior completo em direito. Já para o cargo de Técnico do MPU é necessário nível médio completo.

Confira abaixo as atribuições de cada um dos cargos ofertados no Edital MPU 2018.
Técnico do MPU – Apoio Técnico-Administrativo – Especialidade: Administração
Requisito: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau), expedido por instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente.
Atribuições básicas: auxiliar na prática de atos em processos judiciais e na instrução e acompanhamento de processos administrativos e procedimentos extrajudiciais; desempenhar atividades de apoio técnico-administrativo; atuar na elaboração, execução e avaliação de planos, programas e projetos; realizar atividades, estudos, pesquisas e levantamentos de dados inerentes às atividades de suporte administrativo do órgão, dentre elas, as relacionadas a orçamento, finanças e controle interno; atuar na fiscalização, instrução e acompanhamento de contratos e convênios; atuar nas atividades de compras e de contratação de bens e serviços; registrar e controlar dados e informações cadastrais; emitir certidões, declarações e atestados; expedir e(ou) anexar documentos e correspondências oficiais; elaborar atas, estatísticas setoriais e minutas de expedientes e de atos; organizar eventos, ações e atividades institucionais; preparar malotes; publicar documentos oficiais; realizar atividades de gestão de bens materiais e patrimoniais; realizar diligências; realizar serviços técnicos e especializados; manter atualizado o conteúdo de páginas virtuais na internet e na intranet; e analisar a conformidade documental.
Remuneração: R$ 6.862,72.
Jornada de trabalho: 40 horas semanais.

Analista do MPU – Apoio Jurídico – Especialidade: Direito
Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).
Atribuições: assessorar os membros e chefias na coordenação e supervisão das atividades de processos judiciais e administrativos e de procedimentos extrajudiciais; planejar e executar tarefas relativas à análise jurídica de atos, documentos, processos judiciais e administrativos e de procedimentos extrajudiciais, produzindo os atos e documentos pertinentes; elaborar minutas de petições, denúncias, recursos, acordos judiciais ou extrajudiciais, termos de ajustamento de conduta, decisões, despachos, pareceres, notas técnicas, notificações, votos e atos congêneres, bem como manifestações jurídicas para subsidiar decisão administrativa; receber, analisar, acompanhar e dar andamento a processos e a outros documentos; auxiliar na instrução de processos, procedimentos e inquéritos civis e analisar inquéritos policiais; controlar prazos prescricionais; proceder à oitiva de vítimas, testemunhas e quaisquer outras pessoas que possam, direta ou indiretamente, colaborar com a instrução processual, reduzindo a termo suas declarações; realizar análise prévia e triagem de representações, denúncias, processos e procedimentos; realizar pesquisa, seleção, indexação e estudo de legislação, doutrina e jurisprudência; acompanhar a atualização legislativa; observar os prazos processuais e de conclusão de investigações; conferir atos e andamentos processuais; providenciar o cumprimento de decisões e despachos; atuar na manualização de processos e na elaboração de instrumentos normativos; e acompanhar a tramitação de processos judiciais e administrativos e de procedimentos extrajudiciais.
Remuneração: R$ 11.259, 81.
Jornada de trabalho: 40 horas semanais.

Benefícios dos aprovados no concurso MPU
Além dos salários que variam de R$ 7 mil a R$ 11 mil quem atua no MPU tem direito a um pacote de benefícios, incluindo gratificações. Fazem parte dele o auxílio-alimentação, de R$ 884 (já somado nas remunerações mencionadas), auxílio-transporte (variável de acordo com a localidade) e assistência pré-escolar de R$ 699. Há direito ainda a gratificações como de Atividade do Ministério Público da União (GMPU) – já somada nas remunerações mencionadas – e de Qualificação e Treinamento (GQT).

Concurso MPU terá mais de 7 mil candidatos no cadastro de reserva!
De acordo com o edital, o resultado final no concurso público contemplará a relação dos candidatos aprovados, ordenados por classificação por cargo/especialidade/UF de vaga, dentro dos quantitativos previstos no quadro que pode ser conferido abaixo:

Edital MPU: mais de 7 mil candidatos estarão na lista do resultado final do concurso

Qual é a função do MPU?
Em 1985, a lei 7.347 de Ação Civil Pública ampliou consideravelmente a área de atuação do Parquet , ao atribuir a função de defesa dos interesses difusos e coletivos. Antes da ação civil pública, o Ministério Público desempenhava basicamente funções na área criminal. Na área cível, o Ministério tinha apenas uma atuação interveniente, como fiscal da lei em ações individuais. Com o advento da ação civil pública, o órgão passa a ser agente tutelador dos interesses difusos e coletivos.

Detalhes do Edital MPU 2018:
Concurso: Ministério Público da União (Edital MPU 2018)
Banca organizadora: CEBRASPE
Cargos: Técnico e Analista do MPU
Escolaridade: Nível médio e superior
Número de vagas: 47
Remuneração: Até R$ 11 mil
Inscrições: de 23/08 a 10/09
Taxa de inscrição: R$ 55 e R$ 60
Data da Prova: 21 de outubro de 2018
Fonte:Blog Gran Cursos

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*