Concurso TJ SP INTERIOR convocou três vezes mais que as vagas!

Tribunal de Justiça - SP

O Tribunal de Justiça de São Paulo (Concurso TJ SP) realiza o aguardado concurso público com ofertas de vagas para a carreira de escrevente técnico judiciário. Um detalhe interessante é em relação ao número de convocados do último certame para comarcas do interior e litoral, realizado em 2015.

A oferta inicial foi de 345 vagas, distribuídas entre as nove regiões administrativas do órgão (2ª à 10ª). Nesse caso, o número de convocações já superou as vagas iniciais, nomeando quase dois mil aprovados. O certame teve validade encerrada em dezembro e por isso um novo edital foi lançado.

Desta vez, há chances para as Circunscrições Judiciárias que compões as 2ª, 3º, 5ª, 6ª, 7ª, 8º, 9ª e 10ª Regiões Administrativas Judiciárias, sendo que as provas serão aplicadas na Comarca Sede de cada Região.

A organização do edital TJ SP é da Fundação Vunesp e as inscrições começam nesta terça-feira, dia 09 de janeiro, seguindo até 16h do dia 14 de fevereiro de 2018, pelo seu site. O candidato deverá efetuar o valor de R$ 68,00 (sessenta e oito reais) em qualquer agência bancária, até o dia 14/02/2018, atentando-se para o horário bancário.

Mais de 1.200 serão convocados para a segunda etapa do concurso TJ SP
A tradição do concurso TJ SP em chamar muitos aprovados, além das vagas iniciais será mantida nesse novo concurso para escrevente do interior e litoral. O órgão costuma utilizar bastante o cadastro de reserva. Segundo a tabela (veja a seguir), mais de 1.200 serão convocados para a prova prática. Outro indício de que o Tribunal de Justiça deverá chamar muitos aprovados, além das vagas iniciais, é a grande carência atual do órgão. Segundo atualizações de novembro, o TJ-SP conta com 3.160 vagas de escrevente abertas somando todas as regiões administrativas.

Lista de candidatos por região do concurso TJ SP.

No último concurso para o interior e litoral, por exemplo, foram oferecidas 345 vagas distribuídas entre as nove Regiões Administrativas Judiciárias. De acordo com dados da comissão formada por aprovados no concurso, foram mais de 1.200, chegando a mais de três vezes a oferta inicial.

A segunda fase do concurso TJ-SP interior e litoral será uma prova prática de digitação e formatação. A formatação será avaliada de zero a dois pontos e os candidatos terão até cinco minutos para concluir a prova. Já a digitação será avaliada de zero a oito pontos, sendo uma cópia de um texto impresso de aproximadamente 1.900 caracteres, com no máximo 11 minutos.

Matérias do concurso TJ SP
O exame do concurso TJ SP conta 100 questões, divididas em três blocos.
O bloco I é composto por 24 questões de Língua Portuguesa.

Com 40 questões, o segundo bloco é de noções de Direito e se divide entre as disciplinas de:
  – Direito Penal,
  – Processual Penal,
  – Processual Civil,
  – Constitucional,
  – Administrativo e
  – Normas da Corregedoria Geral de Justiça.

O terceiro e último bloco é de conhecimentos gerais, que conta com 40 questões, divididas entre as disciplinas de:
  – Atualidades (6),
  – Informática (14),
  – Raciocínio Lógico (10) e
  – Matemática (6).

Critérios para aprovação no concurso TJ SP Interior
A prova objetiva será avaliada na escala de 0 (zero) a 10 (dez) pontos, sendo os blocos I e II de caráter eliminatório, onde o candidato deverá acertar, no mínimo, 50% das questões de cada bloco, além do caráter classificatório.
O bloco III terá, apenas, caráter classificatório. Será considerado habilitado na prova objetiva o candidato que obtiver nota final igual ou superior a 5 (cinco) pontos no conjunto dos 3 (três) blocos.

Inscritos concurso TJ SP Capital 2017
O concurso TJ SP 2017 registrou mais de 200 mil candidatos. Concorreram as 590 vagas em disputa 233.437 candidatos, sendo 137.916 somente para CJ São Paulo (veja aqui o número oficial de inscritos).

O segundo local é para a 4ª região administrativa, na CJ de Campinas, com 15.209 participantes.

No portal do candidato está disponível as principais informações como o endereço do local da prova, o bairro e cidade em que está localizado, o número da sala e/ou bloco, além da confirmação do horário. As provas começarão às 13h, devendo os participante comparecerem com 30 minutos de antecedência.

No total, são ofertadas 590 vagas distribuídas entre a sede na capital e as sedes de Circunscrição Judiciária (CJ) no interior. Dentre as vagas ofertadas estão reservadas 5% para pessoas com deficiências e 20% para negros.

Requisitos do concurso TJ SP, remuneração e atribuições
Os candidatos no concurso deverão apresentar na data da posse diploma de nível médio emitido por instituição reconhecida pelo MEC.

Após a nomeação, os aprovados no concurso TJ SP receberão remuneração de R$ 5.697,18, já com salário de R$ 4.473,16, auxílio-alimentação de R$ 42 por dia (R$ 924 na média de 22 dias) e auxílio-saúde de R$ 300. A jornada de trabalho dos Escreventes do TJ-SP é de quarenta horas semanais.

Algumas das atribuições do cargo são: executar atividades relacionadas à organização dos serviços que envolvam as funções de suporte técnico e administrativo às unidades do Tribunal de Justiça, dar andamento em processos judiciais e administrativos, atender ao público interno e externo, elaborar e conferir documentos, dentre outras.

Matérias do concurso TJ SP
O exame do concurso TJ SP conta com 100 questões, divididas em três blocos.

O bloco I é composto por 24 questões de Língua Portuguesa.

Com 40 questões, o segundo bloco é de noções de Direito e se divide entre as disciplinas de:
  – Direito Penal,
  – Processual Penal,
  – Processual Civil,
  – Constitucional,
  – Administrativo e
  – Normas da Corregedoria Geral de Justiça.

O terceiro e último bloco é de conhecimentos gerais, que conta com 40 questões, divididas entre as disciplinas de:
  – Atualidades (6),
  – Informática (14),
  – Raciocínio Lógico (10) e
  – Matemática (6).

O edital foi retificado pela organizadora, que diminuiu duas questões de informática para acrescentar a mesma quantidade em atualidades. Não só a quantidade foi alterada, já que, para a disciplina de atualidades, houve adição dos artigos 1º ao 13; 34 ao 38 da Lei nº 13.146/2015 – Estatuto da Pessoa com Deficiência e Resolução nº 230/2016 do CNJ.

O candidato que acertar 50 questões é considerado aprovado. Vale ressaltar que ainda é necessário atingir no mínimo 50% de acerto nas questões de Língua Portuguesa e de conhecimentos em Direito, o que representa 12 e 18 itens, respectivamente.

A prova é dividida em duas etapas, sendo a primeira, a prova descrita acima. Os candidatos aprovados serão chamados para a segunda fase composta por duas atividades, uma de formatação de um texto pré-estabelecido e outra de digitação.

Os detalhes de cada atividade são:
Formatação de um texto preestabelecido: de acordo com as instruções a serem dadas quando da aplicação da prova, que será desenvolvida em microcomputador do tipo PC com processador Intel® ou similar, utilizando-se de editor de texto Microsoft Word 2010, em ambiente gráfico Microsoft Windows e teclado com configurações ABNT 2. Serão observados os erros cometidos nos seguintes itens: tipo de fonte, tamanho da fonte, formatação da fonte: negrito, itálico e sublinhado, alinhamento do texto, espaçamento do texto (entre linhas, entre parágrafos), margem e parágrafo.
Digitação de um texto: cópia de texto impresso, com aproximadamente 1.800 caracteres, em microcomputador do tipo PC com processador Intel® ou similar, utilizando-se de software específico para uso na prova, em ambiente gráfico Microsoft Windows e teclado com configurações ABNT 2.
No último concurso, foram convocados para a prova de digitação os primeiros 2.000 candidatos da lista da capital, e os primeiros 100 para as listas das outras circunscrições.

Nomeações concurso TJ SP Escrevente
O histórico de muitas convocações para escrevente é um dos grandes atrativos do concurso TJ SP. O órgão se destaca por convocar muitos aprovados além das vagas iniciais. Somente no último concurso para a 1ª Região Administrativa, que engloba capital e Grande São Paulo, foram convocados 1.711 aprovados, mais de três vezes a oferta inicial do concurso, que foi de 471 vagas. O número de nomeações fez com que a lista chegasse perto do fim, restando apenas 78 aprovados.

O formato do concurso dá grande esperança para os remanescentes. O órgão habilita para a segunda fase cerca de três vezes mais aprovados que o da oferta inicial. Já a prova de segunda fase têm caráter somente eliminatório, o que permite que todos os aprovados estejam aptos a nomeação.

Concorrência do último concurso TJ SP Capital
Historicamente, a quantidade de inscritos no concurso TJ SP é alta e as vagas são disputadas por uma alta concorrência. Para conseguir se preparar e visualizar algumas das dificuldades que deverão ser superadas na hora de fazer a prova, veja abaixo as tabelas de concorrência do último concurso.

Concorrência último concurso TJSP – 4ª Região!

Detalhes do concurso TJ SP Escrevente:
Concurso: Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (Concurso TJ SP)
Banca organizadora: Fundação VUNESP
Cargos: Escrevente Técnico Judiciário (nível médio)
Escolaridade: Nível médio
Número de vagas: 235 + CR
Remuneração: R$ 6.193,73 (com benefícios)
Inscrições: Entre 9 de janeiro e 14 de fevereiro de 2018
Taxa: R$ 68
Prova: 25 de março de 2018
Conteúdo das provas concurso TJSP Interior 2017/2018
Link do último edital: Interior (2015)Capital (2017)
Fonte: Blog Gran Cursos

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*