Sefaz-SC: Concurso para auditor volta a ser avaliado. Inicial de R$ 30 mil.

Secretaria de Fazenda de Santa Catarina

Uma ótima notícia para os concurseiros da área fiscal. Ocorre que o processo de autorização para um novo concurso para o cargo de Auditor Fiscal da Receita Estadual de Santa Catarina foi reaberto.

Em meados deste ano, o então Secretário de Fazenda, Almir José Gorge, havia mandado arquivar o processo, sob o argumento de que o Estado não estava financeiramente em condições de realizar o concurso.

Com a saída de Gorge da pasta, o novo Secretário resolveu desarquivar o processo. A tendência é de que o concurso seja autorizado em breve e o edital seja publicado no início de 2018.

A Gerência de Gestão de Pessoas do órgão realizou um levantamento recentemente, mostrando que estão vagos 90 cargos de Auditor Fiscal da Receita Estadual de nível I. A remuneração inicial de um auditor fiscal em início de carreira chega a R$ 30 mil, incluindo-se o valor da indenização de transporte de cerca de R$ 4.200,00 por mês.

O valor dos vencimentos coloca o cargo como uma das carreiras mais bem remuneradas do país. Para concorrer a uma vaga de auditor fiscal é preciso possuir diploma de nível superior em qualquer área de formação.

Pedido de autorização concurso Sefaz SC
Para acompanhamento do processo de autorização, acesse o endereço e preencha os três primeiros campos com SEF 5921/2017.

Último concurso Sefaz SC
O último concurso ICMS SC realizado para o cargo de auditor da Secretaria de Fazenda de Santa Catarina foi em 2010, quando foram ofertadas 65 vagas mais cadastro de reserva. Duas áreas do conhecimento foram abertas para concorrência no certame. Os candidatos poderiam se inscrever para a área de Tributação e Fiscalização ou Tecnologia da Informação.

Na ocasião, a Fundação de Estudos e Pesquisas Sócio-Econômicas (FEPESE), de apoio à Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) foi a banca organizadora do certame.

Prova do último concurso Sefaz SC
O concurso foi realizado em três epapas, em dias distintos. e as provas tiveram caráter classificatório e eliminatório. Na primeira prova, os candidatos de ambas as especialidades responderam a uma prova objetiva composta por 100 questões de múltipla escolha, durante 5h e valendo 200 pontos.

Para serem considerados habilitados os candidatos precisaram obter, no mínimo, 50% do total de pontos em cada uma das provas, e 60% no total geral de todas as avaliações.

Para conseguir a aprovação na Sefaz-SC, além de muito empenho e dedicação, faz- se necessária uma preparação estruturada, com planejamentos e metas bem definidos e adequados ao perfil de cada candidato, com supervisão em tempo integral, evitando os desvios de rota que assolam tão frequentemente os candidatos, com a utilização de sistemas e ferramentas capazes de promover um estudo eficiente alavancando a performance dos candidatos, além de detectar e tratar as deficiências tão logo surjam.
Fonte:coachingconcurseiros.com

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*