Concurso Receita Federal conta com déficit crescente de aposentadorias! Pedido em análise!

Edital Auditor Fiscal da Receita Federal

A Receita Federal do Brasil (Concurso Receita Federal) pretende realizar o seu aguardado concurso público para as carreiras de auditor-fiscal, analista tributário e assistente técnico-administrativo em breve. E o motivo é claro: até agosto deste ano, o órgão já perdeu 276 servidores, com previsão de aumento no quantitativo até o fim de 2017. Esse cenário aumenta a necessidade de aprovação do pedido de concurso enviado ao Ministério do Planejamento. A saída de auditores representa mais de 40% do número de vagas solicitadas.

Somado a isso, entre 500 e 600 servidores devem se aposentar este ano, segundo o Diretor de Comunicação Social do Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita (Sindifisco Nacional), Pedro Delarue. Para ele, esse déficit irá resultar na perda de eficiência do órgão. “A cada ano temos que trabalhar com menos gente. E menos gente experiente. Então, fica cada vez mais difícil cumprir a nossa missão”.

O último concurso para auditor-fiscal foi realizado em 2014 e atualmente o cargo conta com déficit de mais de 10 mil profissionais. Já para analista tributário, a última seleção foi em 2012 e as posições vagas também são superior a 10 mil. Delarue prevê que o pedido de concurso da Receita possa ser aprovado no ano que vem.

Sem novas seleções, o combate à sonegação, principal missão do órgão, e a economia do país, de um modo geral, seriam impactos de forma negativa, como avaliou o sindicalista. “Quando o sonegador em potencial percebe que diminuiu o risco de sonegar, ele tende a sonegar mais. E isso reflete na arrecadação e, consequentemente, na disponibilidade de recursos do governo para investir. Tem todo um efeito na economia”, explicou.

Sobre o pedido concurso Receita Federal
O pedido de concursos do Ministério da Fazenda já está no Ministério do Planejamento. A solicitação, que visa a realização de concursos para o preenchimento de vagas nas carreiras fazendárias, como informa o processo, foi cadastrado no Planejamento no final de junho.

O pedido é para nada menos que 2.083 vagas, sendo 630 para Auditor-fiscal e 1.453 de Analista tributário. Para a função de Assistente técnico administrativo, de nível médio, são pedidas 904 chances, que deverão ter, entre outras lotações, a RFB.

Pedido de Concurso Receita Federal em análise do Planejamento!

O concurso Receita Federal ofertará 400 vagas. A informação consta na Lei de Orçamentária Anual (LOA), sancionada pelo governo federal e já em execução

A expectativa é de que o concurso Receita Federal seja incluído entre os casos excepcionais do governo federal, tendo em vista a grande necessidade de pessoal e a importância da atividade desenvolvida pelo órgão para a recuperação econômica do país.

De acordo com Carlos Roberto da Silva, Representante Regional do Sindicato Nacional dos Servidores Administrativos do Ministério da Fazenda (Sindfazenda) no Rio de Janeiro, esse pedido deveria conter um número maior de vagas, levando em consideração que o trabalho já está sendo prejudicado e que até 2019 espera-se uma defasagem de mais de 4.000 servidores administrativos no órgão.

Dos 4.300 servidores administrativos, 90% já estão em abono de permanência, podendo deixar o órgão em 2019, quando a gratificação chegar a 100%. E não só os servidores da Receita, mas os demais órgãos pertencentes ao Pecfaz também. Vai haver uma debandagem muito grande.

Esquenta Receita Federal: 500 dicas sobre a prova do concurso Receita Federal
O concurso Receita Federal será grande e extremamente importante para diversos concurseiros que almejam um cargo público de nível federal. Pensando nisso, o Gran Cursos Online preparou uma série de dicas para facilitar os estudos de qualquer candidato. Enquanto o edital ainda não é publicado, o concurseiro já deve começar seus estudos e ver todas as dicas que profissionais qualificados podem dar.

Deficit do concurso Receita Federal
A expectativa é de que o concurso Receita Federal seja incluído entre os casos excepcionais do governo federal, tendo em vista a grande necessidade de pessoal e a importância da atividade desenvolvida pela órgão para a recuperação econômica do país.

A falta de servidores já foi inclusive constatada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) em auditoria realizada nas fronteiras. Atualmente, há um quadro com 10.500 auditores, mas, desde 2002, a Receita registra média de 600 aposentadorias por ano na carreira de auditor.

Entre 2009 e 2014, 3.246 servidores deixaram de trabalhar no órgão e, por meio de concurso, entraram somente 1.204, ou seja, déficit de 2.042 auditores apenas no período citado.

Requisitos do concurso Receita Federal
Qualquer formação superior é exigida para analista e auditor. Nos dois casos, as contratações são pelo regime estatutário, que prevê estabilidade.
Já a função de assistente técnico-administrativo (ATA) exige o nível médio completo.

Último concurso Receita Federal
Para auditor, a última seleção do concurso Receita Federal também foi feita em 2014.

Disciplinas do concurso Receia Federal
   Língua Portuguesa
   Espanhol ou Inglês
   Raciocínio Lógico-Quantitativo
   Administração Geral e Pública
   Direito Constitucional
   Direito Administrativo
   Direito Tributário
   Auditoria
   Contabilidade Geral e Avançada
   Legislação Tributária e Comércio Internacional
   Legislação Aduaneira
Em todo o país, houve 68.550 inscritos para 278 vagas (247 candidatos por vaga).

Já para analista, o último concurso foi em 2012.

Disciplinas do concurso Receia Federal
   Língua Português
   Espanhol ou Inglês
   Raciocínio Lógico-Quantitativo
   Direito Constitucional e Administrativo
   Administração Geral
   Direito Tributário
   Contabilidade Geral
   Legislação Tributária e Aduaneira (área Geral) ou Direito Tributário
   Contabilidade Geral
   Informática (área de Informática).
Foram registrados 93.692 inscritos para 750 vagas (média de 125 por vaga).

Tradição de nomeação do concurso Receita Federal
Revendo o número de convocações dos últimos concursos abertos pela Receita, fica evidente a grande necessidade de auditores e o número de chamadas excedentes em todas as seleções que são abertas. Desde 2009 a receita nomeia sempre de 50% a 100% o número de aprovados em seus certames.

Oferecendo 450 vagas em edital, o concurso de 2009 culminou com nomeação de mais de 700 aprovados, sendo o primeiro a ter provas discursivas e o primeiro a chamar candidatos além das vagas iniciais.

Em 2012, com um nível de dificuldade maior que o do último aberto, das 200 vagas ofertadas e um total de 252 aprovados, todos foram chamados e não houve convocação de excedentes, pois o número de candidatos que fizeram o mínimo não chegava ao quantitativo de 50%, o que foi positivo, pois todos foram nomeados de uma vez.  Em 2014, eram 278 vagas em edital e foram nomeados 100% dos excedentes, ou seja, mais de 560 oportunidades.

Remunerações do concurso Receita Federal
Os valores são os seguintes: os iniciais para analista corresponderão a R$ 11.639,24 em 2018 e a R$ 12.142,39 em 2019. No caso do auditor, serão de R$ 20.123,53 em 2018 e de R$ 21.029,09 em 2019. Levando em consideração que o concurso ocorrerá somente no ano que vem.

Havia expectativa de incorporação do bônus eficiência, que fariam com que o menor valor fosse de 24 mil, porém isso foi retirado após aprovação no congresso. Agora, o mesmo necessitará de regulamentação (lei própria definirá os parâmetros), porém, até tal ato, o valor será de R$ 3 mil para auditor e R$ 1,8 para analista.

Sendo assim, o teto da carreira de Auditor-Fiscal será de R$ 27.303,62 em 2019 (que, somado aos 3.000 reais de bônus, ultrapassa R$ 30.000,00). E o teto da carreira de Analista-Tributário será de R$ 16,627,05 em 2019 (que, somado aos 1.800 reais de bônus, chega a quase R$18.500,00). Aos valores soma-se, ainda, auxílio-alimentação no valor de R$ 458, além de auxílio-saúde de até R$ 124 (por pessoa) e benefício pré-escolar, que hoje é de R$ 321.

Detalhes concurso Receita Federal:
Concurso: Receita Federal do Brasil (Concurso Receita Federal)
Banca organizadora: Esaf
Cargos: Auditor-Fiscal; Analista-Tributário
Escolaridade: Nível superior
Número de vagas: A definir
Remuneração: Inicial de até R$ 19 mil
Situação: Previsto
Previsão de publicação do edital: 2018
Link do último edital: AuditorAnalista
Fonte:Blog Gran Cursos

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*