TRT/RJ: edital será publicado no segundo semestre

Tribunal Regional do Trabalho - RJ

O Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região, no Rio de Janeiro (TRT/RJ) deve publicar o edital do seu novo concurso público para os cargos de técnico e analista judiciário em meados do segundo semestre. A expectativa é de os preparativos sejam intensificados a partir da próxima semana, uma vez que no dia 11 de junho expira a validade do concurso realizado em 2012 para diversas áreas de atuação. Com isto, o órgão já poderá iniciar o processo de definição da oferta de vagas e distribuição destas pelos cargos para a nova seleção. O concurso está autorizado desde 6 de abril, quando também foram nomeados os membros da comissão.

Para concorrer ao cargo de técnico é necessário possuir ensino médio, enquanto para analistas, a exigência é de nível superior. As remunerações iniciais são, respectivamente, de R$ 7.260,41 a R$ 8.308,17 para técnicos, variando de acordo com a área de atuação; e de R$ 11.035,90 a R$ 13.064,99 para analistas, também de acordo com a área. A comissão, já constituída, terá como presidente o desembargador do trabalho Cesar Marques Carvalho.

No caso de técnico, já está confirmado que haverá oportunidades na área administrativa, que pede apenas ensino médio, com inicial de R$ 7.260,41, além de técnico nas áreas de segurança e enfermagem. No primeiro caso é necessário possuir carteira de habilitação “D”, com inicial de R$ 8.308,17 e para enfermagem, formação técnica, com R$ 7.260,41.

Para os analistas haverá oportunidades para a área administrativa, que pede apenas nível superior em qualquer área, com inicial de R$ 11.345,90, além da área judiciária (com formação em direito e inicial de R$11.345,90) e oficial de justiça, também com formação em direito e inicial de R$ 13.064,99.

Seleção Anterior
O último concurso do tribunal ocorreu em 2014, quando foram oferecidas 77 oportunidades, sendo 74 para o cargo de analista judiciário –área apoio especializado – especialidade tecnologia da informação, uma para analista judiciário – área apoio especializado especialidade medicina –psiquiatria e duas para técnico judiciário – área apoio especializado –especialidade tecnologia da informação.
Fonte:jcconcursos.uol.com.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*