Concurso Receita Federal pagará inicial de até R$ 19 mil! Pedido avança!

Receita encaminhou pedido de concurso (Foto: Sindfazenda)

A Receita Federal do Brasil (Concurso Receita Federal) pretende realizar o seu aguardado concurso público para as carreiras de auditor-fiscal, analista tributário e assistente técnico-administrativo em breve. O pedido de concursos do Ministério da Fazenda já está no Ministério do Planejamento. A solicitação, que visa a realização de concursos para o preenchimento de vagas nas carreiras fazendárias, como informa o processo, foi cadastrado no Planejamento na noite da última quinta-feira, dia 25, tendo avanços na última segunda-feira (29).

O concurso Receita Federal ofertará 400 vagas. A informação consta na Lei de Orçamentária Anual (LOA), sancionada pelo governo federal e já em execução. A expectativa é de que o concurso Receita Federal seja incluído entre os casos excepcionais do governo federal, tendo em vista a grande necessidade de pessoal e a importância da atividade desenvolvida pelo órgão para a recuperação econômica do país.

De acordo com Carlos Roberto da Silva, Representante Regional do Sindicato Nacional dos Servidores Administrativos do Ministério da Fazenda (Sindfazenda) no Rio de Janeiro, esse pedido deveria conter um número maior de vagas, levando em consideração que o trabalho já está sendo prejudicado e que até 2019 espera-se uma defasagem de mais de 4.000 servidores administrativos no órgão.

Dos 4.300 servidores administrativos, 90% já estão em abono de permanência, podendo deixar o órgão em 2019, quando a gratificação chegar a 100%. E não só os servidores da Receita, mas os demais órgãos pertencentes ao Pecfaz também.

Deficit do concurso Receita Federal
A expectativa é de que o concurso Receita Federal seja incluído entre os casos excepcionais do governo federal, tendo em vista a grande necessidade de pessoal e a importância da atividade desenvolvida pela órgão para a recuperação econômica do país.

A falta de servidores já foi inclusive constatada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) em auditoria realizada nas fronteiras. Atualmente, há um quadro com 10.500 auditores, mas, desde 2002, a Receita registra média de 600 aposentadorias por ano na carreira de auditor.

Entre 2009 e 2014, 3.246 servidores deixaram de trabalhar no órgão e, por meio de concurso, entraram somente 1.204, ou seja, déficit de 2.042 auditores apenas no período citado.

Requisitos do concurso Receita Federal
Qualquer formação superior é exigida para analista e auditor. Nos dois casos, as contratações são pelo regime estatutário, que prevê estabilidade.

Já a função de assistente técnico-administrativo (ATA) exige o nível médio completo.

Último concurso Receita Federal
Para auditor, a última seleção do concurso Receita Federal também foi feita em 2014.

Disciplinas do concurso Receia Federal
– Língua Portuguesa
– Espanhol ou Inglês
– Raciocínio Lógico-Quantitativo
– Administração Geral e Pública
– Direito Constitucional
– Direito Administrativo
– Direito Tributário
– Auditoria
– Contabilidade Geral e Avançada
– Legislação Tributária e Comércio Internacional
– Legislação Aduaneira
Em todo o país, houve 68.550 inscritos para 278 vagas (247 candidatos por vaga).

Já para analista, o último concurso foi em 2012.

Disciplinas do concurso Receia Federal
– Língua Português
– Espanhol ou Inglês
– Raciocínio Lógico-Quantitativo
– Direito Constitucional e Administrativo
– Administração Geral
– Direito Tributário
– Contabilidade Geral
– Legislação Tributária e Aduaneira (área Geral) ou Direito Tributário
– Contabilidade Geral
– Informática (área de Informática).
Foram registrados 93.692 inscritos para 750 vagas (média de 125 por vaga).

Tradição de nomeação do concurso Receita Federal
Revendo o número de convocações dos últimos concursos abertos pela Receita, fica evidente a grande necessidade de auditores e o número de chamadas excedentes em todas as seleções que são abertas. Desde 2009 a receita nomeia sempre de 50% a 100% o número de aprovados em seus certames.

Oferecendo 450 vagas em edital, o concurso de 2009 culminou com nomeação de mais de 700 aprovados, sendo o primeiro a ter provas discursivas e o primeiro a chamar candidatos além das vagas iniciais.

Em 2012, com um nível de dificuldade maior que o do último aberto, das 200 vagas ofertadas e um total de 252 aprovados, todos foram chamados e não houve convocação de excedentes, pois o número de candidatos que fizeram o mínimo não chegava ao quantitativo de 50%, o que foi positivo, pois todos foram nomeados de uma vez.

Em 2014, eram 278 vagas em edital e foram nomeados 100% dos excedentes, ou seja, mais de 560 oportunidades.

Remunerações do concurso Receita Federal
O inicial é de R$ 9.171,88 e R$ 15.338,44 para analista e auditores, respectivamente. Está em análise da Câmara dos Deputados, um Projeto de Lei que reestrutura os vencimentos das carreiras de analista e auditor do concurso Receita Federal.

Caso seja aprova, a categoria terá seus vencimentos alterados, sendo menor valor de R$ 24 mil, com auxílio-alimentação no valor de R$ 458, além de auxílio-saúde de até R$ 124 (por pessoa) e benefício pré-escolar, que hoje é de R$ 321.

A proposta do governo concede reajuste de 21,3%, em quatro anos até 2019, mais um bônus de eficiência de até R$ 5 mil, benefícios que se estenderam aos futuros integrantes da carreira fiscal federal.

Detalhes concurso Receita Federal:
Concurso: Receita Federal do Brasil (Concurso Receita Federal)
Banca organizadora: Esaf
Cargos: Auditor-Fiscal; Analista-Tributário
Escolaridade: Nível superior
Número de vagas: A definir
Remuneração: Inicial de até R$ 19 mil
Situação: Previsto
Previsão de publicação do edital: 2017/2018
Link do último edital: AuditorAnalista
Fonte:Blog Gran Cursos

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*