TRE-RJ deve escolher organizadora do concurso até maio

Tribunal Regional Eleitoral -RJ

Com a confirmação, por parte do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), de que a verba para a realização do concurso TRE-RJ 2017 já está de posse do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), é grande a expectativa de que os preparativos da seleção para técnico e analista judiciários possam ser acelerados nos próximos dias.

Oficialmente, o TRE-RJ não deu detalhes sobre os procedimentos que estão sendo tomados para que o concurso seja realizado, mas fonte do alto escalão do tribunal informou à FOLHA DIRIGIDA que internamente já está em discussão o processo para escolha da organizadora e a formação da comissão do concurso. “A meta é definir a organizadora e tentar divulgar o edital ainda este semestre”, disse a fonte.

Organizadora sai até maio
Para que exista tempo hábil de o edital sair ainda este semestre, a expectativa é que a comissão do concurso seja definida este mês e que a banca organizadora seja escolhida, no máximo, em maio. Como o tribunal está desde dezembro sem cadastro de reserva válido, impossibilitado portanto de fazer novas contratações para suprir carências e aposentadorias, acredita-se que essas definições ocorram dentro deste espaço período.

O destaque do concurso do TRE-RJ é o cargo de técnico judiciário da área administrativa (nível médio e R$ 7.260,41), que, segundo sindicalistas, é o que possui maior carência de pessoal. Além do técnico administrativo, o TRE-RJ deverá oferecer oportunidades também para técnicos de operação de computador e de programação de sistemas (nível médio/técnico), todos também com remuneração de R$ 7.260,41, para carga de 40 horas semanais.

Para analistas, as vagas deverão ser para as áreas Administrativa (superior em qualquer área), Judiciária (Direito), Contabilidade, Análise de Sistemas, Arquitetura e Engenharias Civil e Elétrica, as mesmas contempladas no concurso passado. A oferta de vagas ainda será definida pela comissão, mas, para os futuros candidatos, o mais importante é saber que o TRE-RJ contrata muitos aprovados. Apesar de o concurso de 2012 ter contado com 19 vagas, 276 aprovados foram chamados (169 técnicos, sendo 160 administrativos e 107 analistas).

TRE-RJ oferece muitas vantagens
Os servidores do TRE-RJ têm direito a uma série de benefícios, que tornam o concurso do órgão imperdível. Além da estabilidade empregatícia, garantida pelo regime estatutário, o TRE-RJ oferece auxílio-alimentação de R$884, já somado nas remunerações mencionadas, e auxílio-transporte, variável de acordo com a localidade. Há direito ainda a assistência médica e odontológica e assistência pré-escolar, para quem tem dependentes de até cinco anos.

Os servidores ainda têm uma série de reajustes salarias programados. Em novembro, os ganhos do técnico passam para R$ 7.592,53 e os do analista para R$ 11.890,82. Até janeiro de 2019, o técnico terá remuneração de R$ 8.475,37 e o analista de R$ 13.339,30.

Em 2012, os candidatos foram avaliados por meio de 120 perguntas objetivas, sendo 50 de Conhecimentos Básicos e 70 específicas, que abrangeram disciplinas como Português, Noções de Legislação, Atualidades, Noções de Arquivologia, de Informática, Raciocínio Lógico, Contabilidade Geral e Governamental, Matemática Financeira, Gestão e Governança de TI, Segurança da Informação, Direito Constitucional, Administrativo, Eleitoral, Civil, Processual Civil, Penal e Processual Penal. A organização coube ao Cebraspe.
Fonte:Folha Dirigida

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*