ANVISA: novo pedido de concurso para 697 vagas

Agência Nacional de Vigilância Sanitária

A Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal (CAS)anunciou, no último dia 29 de março, que encaminhará, para o Ministério do Planejamento,Orçamento e Gestão (MPOG), um pedido de autorização para o preenchimento de 697 vagas, por meio de concurso público para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A distribuição das oportunidades pelos respectivos cargos ainda será definida.

O anúncio foi feito pela presidente do colegiado, senadora Marta Suplicy (PMDB/SP) após a sabatina e aprovação de Fernando Garcia Neto para o cargo de diretor da agência. De acordo com a senadora, o objetivo é fortalecer a agência e dar mais segurança ao consumidor brasileiro. “O déficit hoje de funcionários necessários para a Anvisa funcionar como uma agência desse porte deve funciona ré de 697 pessoas. A Anvisa é uma instituição que nós todos temos e confiamos que nos proteja no que se refere aos remédios. Nós vamos fazer um documento pedindo o concurso, que será encaminhado ao Planejamento. Estamos falando de saúde pública e é uma demanda do povo brasileiro ”, disse.

Último Concurso
A última seleção da agência ocorreu em 2013, quando foram oferecidas 314 vagas, distribuídas por diversos cargos. Do total de postos, 128 foram para cargos com exigência de ensino médio, sendo 100 para técnico em regulação e vigilância sanitária e 28 para técnico administrativo. As 186 restantes, com exigência de nível superior, foram para os cargos de especialista em regulação e vigilância sanitária (157) e analista administrativo (29).

Na ocasião, a banca organizadora foi a Cetro Concursos e a lotação das oportunidades foi para Brasília. Porém, a aplicação das provas ocorreu nas cidades de São Paulo (SP), Aracaju (SE), Belém (PA), Belo Horizonte(MG), Boa Vista (RR), Brasília (DF), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Curitiba(PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), João Pessoa (PB),Macapá (AP), Maceió (AL), Manaus (AM), Natal (RN), Palmas (TO), Porto Alegre(RS), Porto Velho (RO), Recife (PE), Rio Branco (AC), Rio de Janeiro (RJ), Salvador(BA), São Luís (MA), Teresina (PI) e Vitória (ES).
Fonte:Folha Dirigida

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*