Concurso IBGE: autorizadas 26 mil vagas em todo o país

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

Foi publicada, no Diário Oficial da União desta sexta-feira (17), a autorização para o aguardado concurso do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) que selecionará candidatos em todo o país para a realização do Censo Agropecuário. Embora a expectativa fosse pela liberação de mais de 80 mil vagas, o despacho oficializa a liberação de 26.440 vagas. Deste total, 19.013 são para o cargo de recenseador, que pede apenas ensino fundamental, 7.161 para cargos de ensino médio e 266 para nível superior. Com a autorização, o próximo passo é dar início ao processo de escolha da banca organizadora, o que deve ser feito de forma rápida, uma vez que a publicação do edital está prevista para ocorrer ainda no primeiro semestre.

Para ensino médio, as oportunidades são para as carreiras de agente censitário regional (375), agente censitário administrativo (381), agente censitário municipal (1.285), agente censitário supervisor (4.946) e agente censitário de informática (174).

Por fim, em caso de nível superior, a oferta é de 266 postos para analista censitário.
Para o cargo de recenseador, que oferece 19.013 vagas e pede apenas ensino fundamental, a remuneração inicial é de R$ 3 mil, podendo variar de acordo com as pesquisas. Para agente censitário regional, o inicial é de R$ 3.458. Para agente censitário administrativo, R$ 2.018. Para agentes censitários municipal, supervisor e de informática, inicial de R$ 2.000. Finalmente, para analista censitário, que pede nível superior, o inicial é de R$ 7.624. Oportunidades do concurso do IBGE serão para o Censo Agropecuário e estão distribuídas entre os níveis fundamental, médio e superior de ensino. Até R$ 7,1 mil.

Foi publicada, no Diário Oficial da União desta sexta-feira (17), a autorização para o aguardado concurso do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) que selecionará candidatos em todo o país para a realização do Censo Agropecuário. Embora a expectativa fosse pela liberação de mais de 80 mil vagas, o despacho oficializa a liberação de 26.440 vagas. Deste total, 19.013 são para o cargo de recenseador, que pede apenas ensino fundamental, 7.161 para cargos de ensino médio e 266 para nível superior. Com a autorização, o próximo passo é dar início ao processo de escolha da banca organizadora, o que deve ser feito de forma rápida, uma vez que a publicação do edital está prevista para ocorrer ainda no primeiro semestre.

Para ensino médio, as oportunidades são para as carreiras de agente censitário regional (375), agente censitário administrativo (381), agente censitário municipal (1.285), agente censitário supervisor (4.946) e agente censitário de informática (174).

Por fim, em caso de nível superior, a oferta é de 266 postos para analista censitário.
Para o cargo de recenseador, que oferece 19.013 vagas e pede apenas ensino fundamental, a remuneração inicial é de R$ 3 mil, podendo variar de acordo com as pesquisas. Para agente censitário regional, o inicial é de R$ 3.458. Para agente censitário administrativo, R$ 2.018. Para agentes censitários municipal, supervisor e de informática, inicial de R$ 2.000. Finalmente, para analista censitário, que pede nível superior, o inicial é de R$ 7.624.

Os contratos serão pelo período de um ano, podendo ser prorrogados até três. Os temporários também contam com direito a 13º salário e férias remuneradas. A distribuição de vagas ainda não está definida, mas deverão existir oportunidades para todos os estados, além do Distrito Federal.

O lançamento desta seleção vem sendo discutido no Senado Federal. O motivo é que a sua abertura poderia ser uma “salvação” para o grande índice de desemprego no país, sem contar que o último censo agropecuário aconteceu em 2006 e este setor do mercado precisa ter os seus dados atualizados.

Suspensão do concurso IBGE
Todas as oportunidades do IBGE tinham a previsão de serem lançadas em vários editais ao longo de 2016, mas,em abril, o Censo Agropecuário foi adiado. Em nota, a assessoria de imprensa do instituto divulgou: “o Censo Agropecuário está adiado, e uma nova data para sua realização está condicionada à liberação dos recursos necessários em tempo hábil à organização da operação”.

Último concurso para o Censo do IBGE
Em 2013, o IBGE lançou edital de concurso com 7.825 oportunidades temporárias. A seleção ficou sob a organização da Fundação Cesgranrio e contemplou ofertas para 546 municípios distribuídos entre os 26 Estados, mais o Distrito Federal.

Do total de oportunidades, 7.600 vagas foram para a colocação de agente de pesquisas e mapeamento, que exigiu nível médio. As demais chances se destinaram aos postos de agente de pesquisas por telefone (180),analista censitário de geoprocessamento (27) e supervisor de pesquisas(18) – a primeira função necessitou de ensino médio, já as duas últimas tiveram como requisito o diploma de graduação. Todos os concorrentes passaram por testes objetivos com questões de múltipla escolha no início de 2014.
Fonte:Folha Dirigida

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*