AGU divulga distribuição das 1.364 vagas. Concurso será para 2º e 3º graus

Advocacia Geral da União -AGU

Novidades para os interessados no concurso 2017 para a área de apoio Advocacia-Geral da União (AGU). O órgão informou que a solicitação feita ao Ministério do Planejamento foi para 1.364 vagas nos níveis médio, médio/técnico e superior e não para 1.310. Além disso, divulgou também a distribuição do pedido pelos cargos (veja tabela nesta página). O destaque é a função de assistente técnico administrativo, que exige apenas o nível médio e tem remuneração de R$3.953,92, para qual foram requeridas 349 vagas.

Confira a distribuição completa das vagas da AGU
As demais oportunidades do concurso 2017 da AGU são para cargos dos níveis médio/técnico e superior, com rendimentos de R$ 3.953,92 e R$ 5.752,52, respectivamente. Para graduados, as maiores ofertas são para contador (258) e administrador.
tab_01.pmd

A solicitação de concurso da AGU já passou por sete setores do Ministério do Planejamento, incluindo o gabinete do secretário de Gestão de Pessoas e Relações de Trabalho, Sérgio Mendonça. Hoje ela está na Coordenação-Geral de Carreiras, Concursos e Desenvolvimento de Pessoas da pasta. A expectativa da AGU é pelo aval este ano, já que, segundo a secretária-geral de Administração da AGU, Maria Aparecida Araújo de Siqueira, há grande déficit de pessoal.

O fato de estar sem um cadastro de reserva válido e, portanto, sem possibilidade de suprir saídas de servidores, seja por aposentadoria ou até mesmo exoneração, é outra preocupação, que levou ao encaminhamento do pedido de concurso ao Ministério do Planejamento.

O último concurso da AGU para a área de apoio aconteceu em 2014 e teve a validade expirada em julho do ano passado. Essa seleção contemplou os quadros da AGU e da Secretaria de Portos da Presidência da República. Foram 100 vagas, sendo 60 para a AGU. Na Advocacia-Geral da União, os cargos foram técnico em contabilidade (médio/técnico e R$ 3.953,92), além de técnico em comunicação social, bibliotecário e analista de sistemas, para graduados nas áreas mencionadas. Houve chances ainda para analista técnico administrativo, para quem tem qualquer formação.

No último concurso, os candidatos foram avaliados por meio de duas provas objetivas, sendo uma de Conhecimentos Básicos(50 questões) e outra de Específicos (30). A organização coube ao Cebraspe (antigo Cespe/UnB). A AGU contrata pelo regime estatutário, que assegura a estabilidade. As vagas costumam ser destinadas à Brasília, onde fica a sede da AGU, mas não está descartada que a seleção possa contemplar vários estados.

Além do pedido de concurso, tramita na Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei 6.788 de 2017, que busca a criação do Plano Especial de Cargos de Apoio da AGU, com 3 mil vagas. Está prevista a criação de mil vagas para técnico de apoio à atividade jurídica (médio ou médio/técnico e R$ 3.953,92) e 2 mil para analista de apoio à atividade jurídica (superior e R$ 5.752,52). Com a aprovação e sanção do presidente Michel Temer, um concurso para essas carreiras também deverá acontecer.
Fonte:Folha Dirigida

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*