MPU confirma cargo de técnico administrativo no novo concurso

Ministério Público da União

Está confirmado. O aguardado concurso 2017 do Ministério Público da União (MPU) será para os cargos de técnico administrativo (nível médio e R$ 7.260,41) e analista de Direito (graduados na área e R$ 11.345,90). A informação é de uma fonte ligada ao órgão, que preferiu não ser identificada, já que a seleção ainda vai começar a ser preparada. Ela revelou que a comissão, formada no último dia 8, sob presidência do procurador Blal Yassine Dalloul, trabalha para divulgar o edital em agosto.

Confira todas as novas informações do concurso do MPU
“A comissão ainda não iniciou os trabalhos, mas já se sabe que o concurso será destinado a técnico administrativo e analista de Direito. Essa nova seleção será para suprir o fim da validade do 7º concurso, em 5 de agosto, para quando está prevista a divulgação do edital. A comissão foi formada com bastante antecedência, para que o concurso seja preparado com calma”, disse a fonte, que destacou o técnico administrativo, de 2º grau, como o cargo com possibilidade de mais chamadas.

“É a função com maior rotatividade e, consequentemente, a com maior probabilidade de convocação dos aprovados”, contou a fonte. As informações vão ao encontro do que disse a Secretaria de Imprensa da Procuradoria-Geral da República (PGR) no último dia 8. Segundo o setor de comunicação, “o edital deve ser publicado assim que vencer o vigente”, o que confirma a abertura da seleção para agosto. As provas, portanto, deverão ficar para outubro ou novembro, respeitando o intervalo de 60 dias entre o edital e as avaliações.

Tradicionalmente, o MPU oferece vagas em todo o país, incluindo o Rio de Janeiro. Em 2013, esse concurso contou com 147 vagas, sendo 109 para o nível médio e 38 para o superior. O número de admissões, porém, foi bem superior. Foram 4.153 convocações, sendo 2.609 de técnico administrativo (nível médio) e 1.544 de analistas da área de Direito. Apesar de a comissão ser destinada ao concurso de técnico, de nível médio, e analista, para graduados em Direito, não está descartada a possibilidade de preparação de um outro edital, no futuro, para suprir o fim da validade do 8º concurso, para outras áreas.

Essa seleção, para técnicos e analistas de especialidades específicas, vence em 27 de novembro para técnicos (de tecnologia da informação, enfermagem e saúde bucal) e em 4 de dezembro para analistas (Biblioteconomia, Comunicação Social, Arquivologia, Psicologia, Medicina e Engenharias, entre outras). Por isso, no futuro, outro edital poderá ser elaborado. Nessa seleção, também de 2013, foram 263 vagas, sendo 37 para técnicos e 226 para analistas. Foram 930 chamadas, sendo 216 para técnicos e 714 para analistas.

O que confirma a possibilidade de chamada de muitos aprovados, independentemente do número de vagas imediatas, é a Lei Orçamentária Anual deste ano, que prevê a admissão de 681 novos servidores no MPU, Há ainda 1.762 cargos vagos, que poderão elevar o número de chamadas.

Além da estabilidade empregatícia, garantida pelo regime estatutário, os servidores têm direito a auxílio-alimentação de R$ 884, já somado nas remunerações mencionadas, e assistência pré-escolar de R$ 699. Há ainda reajustes salariais programados. Até 2019, os ganhos do técnico chegam a R$ 8.475,37 e os do analista a R$ 13.339,30. Os interessados devem estudar tendo por base o concurso de 2013. Nessas seleções, os candidatos foram avaliados por meio de duas provas objetivas, uma de Conhecimentos Básicos (50 questões) e outra de Conhecimentos Específicos (70). Para o analista, houve ainda prova discursiva.

Técnico da área administrativa: veja programa do último concurso
Para orientação daqueles que querem iniciar logo os estudos, FOLHA DIRIGIDA publica abaixo o programa do último concurso para técnico da área administrativa do MPU, cargo que exige apenas o nível médio. Embora o órgão ainda não tenha divulgado as especialidades da seleção, é muito provável que essa carreira será incluída.

CONHECIMENTOS BÁSICOS
LEGISLAÇÃO APLICADA AO MPU E AO CNMP: 1 Ministério Público da União. 1.1 Lei Orgânica do Ministério Público da União (Lei Complementar nº 75/1993). 1.2 Perfil constitucional do Ministério Público e suas funções institucionais. 1.3 Conceito. 1.4 Princípios institucionais. 1.5 Os vários Ministérios Públicos. 1.6 O Procurador-Geral da República: requisitos para a investidura e procedimento de destituição. 1.7 Membros: ingresso na carreira, promoção, aposentadoria, garantias, prerrogativas e vedações. 2 Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). 2.1 Composição. 2.2 Atribuições constitucionais.

LÍNGUA PORTUGUESA: 1 Compreensão e interpretação de textos. 2 Tipologia textual. 3 Ortografia oficial. 4 Acentuação gráfica. 5 Emprego das classes de palavras. 6 Emprego/correlação de tempos e modos verbais 7 Emprego do sinal indicativo de crase. 8 Sintaxe da oração e do período. 9 Pontuação. 10 Concordância nominal e verbal. 11 Regência nominal e verbal. 12 Significação das palavras. 13 Redação de Correspondências oficiais (conforme Manual de Redação da Presidência da República). 13.1 Adequação da linguagem ao tipo de documento. 13.2 Adequação do formato do texto ao gênero.

NOÇÕES DE INFORMÁTICA: 1 Noções de sistema operacional (ambientes Linux e Windows). 2 Edição de textos, planilhas e apresentações (ambiente LibreOffice). 3 Redes de computadores. 3.1 Conceitos básicos, ferramentas, aplicativos e procedimentos de Internet e intranet. 3.2 Programas de navegação (Microsoft Internet Explorer, Mozilla Firefox, Google Chrome e similares). 3.3 Programas de correio eletrônico (Outlook Express, Mozilla Thunderbird e similares). 3.4 Sítios de busca e pesquisa na Internet. 3.5 Grupos de discussão. 3.6 Redes sociais. 3.7 Computação na nuvem (cloud computing). 4 Conceitos de organização e de gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas. 5 Segurança da informação. 5.1 Procedimentos de segurança. 5.2 Noções de vírus, worms e pragas virtuais. 5.3 Aplicativos para segurança (antivírus, firewall, anti-spyware etc.). 5.4 Procedimentos de backup. 5.5 Armazenamento de dados na nuvem (cloud storage).

ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO: 1 Ética e moral. 2 Ética, princípios e valores. 3 Ética e democracia: exercício da cidadania. 4 Ética e função pública. 5 Ética no Setor Público. 5.1 Código de Ética Profissional do Serviço Público (Decreto nº 1.171/1994). 5.2 Lei nº 8.112/1990 e alterações: regime disciplinar (deveres e proibições, acumulação, responsabilidades, penalidades) 5.3 Lei nº 8.429/1992: das disposições gerais, dos atos de improbidade administrativa.

RACIOCÍNIO LÓGICO: 1 Estruturas lógicas. 2 Lógica de argumentação: analogias, inferências, deduções e conclusões. 3 Lógica sentencial (ou proposicional). 3.1 Proposições simples e compostas. 3.2 Tabelas verdade. 3.3 Equivalências. 3.4 Leis de De Morgan. 3.5 Diagramas lógicos. 4 Lógica de primeira ordem. 5 Princípios de contagem e probabilidade. 6 Operações com conjuntos. 7 Raciocínio lógico envolvendo problemas aritméticos, geométricos e matriciais.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
I NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL. 1 Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, Emendas Constitucionais e Emendas Constitucionais de Revisão: princípios fundamentais. 2 Aplicabilidade das normas constitucionais: normas de eficácia plena, contida e limitada; normas programáticas. 3 Direitos e garantias fundamentais: direitos e deveres individuais e coletivos; direitos sociais; direitos de nacionalidade; direitos políticos. 4 Organização político-administrativa: das competências da União, Estados, Distrito Federal e Municípios. 5 Administração Pública: disposições gerais; servidores públicos. 6 Poder Judiciário: disposições gerais; Supremo Tribunal Federal; Conselho Nacional de Justiça; Superior Tribunal de Justiça; Tribunais Regionais Federais e Juízes Federais; Tribunais e Juízes do Trabalho; Tribunais e Juízes Eleitorais; Tribunais e Juízes Militares; Tribunais e Juízes dos Estados. 7 Funções essenciais à Justiça: do Ministério Público; Advocacia Pública; Advocacia e da Defensoria Pública.

II NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO: 1 Noções de organização administrativa. 2 Administração direta e indireta, centralizada e descentralizada. 3 Ato administrativo: conceito, requisitos, atributos, classificação e espécies. 4 Agentes públicos. 4.1 Espécies e classificação. 4.2 Cargo, emprego e função públicos. 5 Poderes administrativos. 5.1 Hierárquico, disciplinar, regulamentar e de polícia. 5.2 Uso e abuso do poder. 6 Licitação. 6.1 Princípios, dispensa e inexigibilidade. 6.2 Modalidades. 6.3 Lei nº 8.666/1993. 7 Controle e responsabilização da administração. 7.1 Controles administrativo, judicial e legislativo. 7.2 Responsabilidade civil do Estado.

III ADMINISTRAÇÃO: 1 Noções de administração. 1.1 Abordagens clássica, burocrática e sistêmica da administração. 1.2 Evolução da administração pública no Brasil após 1930. 1.2.1 Reformas administrativas. 1.2.2 A nova gestão pública. 2 Processo administrativo. 2.1 Funções da administração: planejamento, organização, direção e controle. 2.2 Estrutura organizacional. 2.3 Cultura organizacional. 3 Gestão de pessoas. 3.1 Equilíbrio organizacional. 3.2 Objetivos, desafios e características da gestão de pessoas. 3.3 Comportamento organizacional: relações indivíduo/organização, motivação, liderança, desempenho. 4 Gestão da qualidade e modelo de excelência gerencial. 4.1 Principais teóricos e suas contribuições para a gestão da qualidade. 4.2 Ciclo PDCA. 4.3 Ferramentas de gestão da qualidade. 4.4 Modelo do gespublica. 5 Noções de gestão de processos: técnicas de mapeamento, análise e melhoria de processos. 6 Legislação administrativa. 6.1 Administração direta, indireta, e funcional. 6.2 Atos administrativos. 6.3 Requisição. 6.4 Regime jurídico dos servidores públicos federais: admissão, demissão, concurso público, estágio probatório, vencimento básico, licença, aposentadoria. 7 Noções de arquivologia. 7.1 Arquivística: princípios e conceitos. 7.2 Legislação arquivística. 7.3 Gestão de documentos. 7.3.1 Protocolos: recebimento, registro, distribuição, tramitação e expedição de documentos. 7.3.2 Classificação de documentos de arquivo. 7.3.3 Arquivamento e ordenação de documentos de arquivo. 7.3.4 Tabela de temporalidade de documentos de arquivo. 7.4 Acondicionamento e armazenamento de documentos de arquivo. 7.5 Preservação e conservação de documentos de arquivo.

IV ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS MATERIAIS: 1 Classificação de materiais. 1.1 Atributos para classificação de materiais. 1.2 Tipos de classificação. 1.3 Metodologia de cálculo da curva ABC. 2 Gestão de estoques. 3 Compras. 3.1 Organização do setor de compras. 3.2 Etapas do processo. 3.3 Perfil do comprador. 3.4 Modalidades de compra. 3.5 Cadastro de fornecedores. 4 Compras no setor público. 4.1 Objeto de licitação. 4.2 Edital de licitação. 5 Recebimento e armazenagem. 5.1 Entrada. 5.2 Conferência. 5.3 Objetivos da armazenagem. 5.4 Critérios e técnicas de armazenagem. 5.5 Arranjo físico (leiaute). 6 Distribuição de materiais. 6.1 Características das modalidades de transporte. 6.2 Estrutura para distribuição. 7 Gestão patrimonial. 7.1 Tombamento de bens. 7.2 Controle de bens. 7.3 Inventário. 7.4 Alienação de bens. 7.5 Alterações e baixa de bens.

Confira as opções de lotação no concurso do MPU
Os selecionados no concurso do MPU poderão trabalhar em quatro esferas do órgão. As que demandam mais contratações costumam ser o Ministério Público Federal (MPF), que atua na Justiça Federal, e o Ministério Público do Trabalho (MPT), que busca dar proteção aos direitos fundamentais e sociais na área trabalhista. Há ainda o Ministério Público Militar (MPM), que atua na apuração dos crimes militares, e o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), responsável por fiscalizar leis e defender os interesses do Distrito Federal.

A escolha das lotações dos selecionados tradicionalmente fica a cargo do MPU, levando em consideração os estados de opção de inscrição dos concorrentes. Todos esses ramos do MPU (MPF, MPT e MPM), com exceção do MPDFT, têm atuação em todo o país. No caso do Rio de Janeiro, o MPF (Procuradoria da República no Rio de Janeiro) está na Avenida Nilo Peçanha; o MPT, na Avenida Churchill; e o MPM (Procuradoria de Justiça Militar no Rio de Janeiro), na Avenida Presidente Vargas, todos no Centro da capital fluminense, com excelente localização.
Fonte:Folha Dirigida

1 Comentário em MPU confirma cargo de técnico administrativo no novo concurso

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*