Receita Federal dará ênfase às vagas de assistente no novo concurso

Receita Federal

Segundo apurou a reportagem da FOLHA DIRIGIDA, a Receita Federal está concluindo o documento com a demanda de concurso a ser enviada ao Ministério da Fazenda, o que deve acontecer já nos próximos dias. A solicitação deverá abranger as áreas fiscal e administrativa, com maior ênfase no cargo de assistente técnico-administrativo, de nível médio. Os quantitativos a serem solicitados, porém, ainda não foram definidos.

Objetivo é proposta que caiba no orçamento
De acordo com uma fonte na Receita, o objetivo é encaminhar um pedido que tenha condições de ser atendido pelo Ministério do Planejamento, diante das atuais dificuldades orçamentárias, mesmo que isso signifique um quantitativo abaixo do que o órgão realmente necessita. “A necessidade é violentíssima”, afirmou a fonte.

Somente na área administrativa, o déficit é de mais de 5 mil vagas, segundo o sindicato da categoria. Na área fiscal, considerando-se o quantitativo previsto em lei, a defasagem é de mais de 20 mil servidores. Como a FOLHA DIRIGIDA noticiou, o Ministério da Fazenda já iniciou a elaboração de pedido de concursos a ser encaminhado ao Ministério do Planejamento. A solicitação incluirá cargos do próprio ministério e de seus órgãos vinculados, como é o caso da Receita. O pedido precisará ser remetido ao Planejamento até o dia 31 de maio.

O cargo de assistente técnico-administrativo é voltado para quem possui o ensino médio completo. A remuneração inicial da carreira é de R$ 4.137,97, já incluindo o auxílio-alimentação, de R$ 458. Outro cargo da área administrativa que deverá constar na solicitação de concurso é o de analista técnico-administrativo, de nível superior, com iniciais de R$ 5.490,09.

Na área fiscal, os cargos são os de auditor-fiscal e analista-tributário, ambos abertos a quem possui o ensino superior completo em qualquer área. Para esses, os iniciais são de R$ 19.669,01 (auditor) e R$ 11.132,21 (analista). Os valores ainda serão reajustados em 2018 e 2019, conforme acordo celebrado com o governo e aprovado pelo Congresso Nacional.

A Receita Federal abriu concursos para assistente técnico-administrativo e para auditor-fiscal pela última vez em 2014. Para analista técnico-administrativo, a seleção mais recente foi em 2013, e para analista-tributário, em 2012.

Previsão – O projeto de orçamento da União de 2017, já sancionado pela Presidência da República, prevê a abertura de concurso este ano para 400 vagas nos quatro cargos citados. Mas segundo a fonte ouvida pela FOLHA DIRIGIDA, o pedido que está sendo formulado pela Receita visa à abertura da seleção no ano que vem. Isso, porém, não impede que, caso assim decida o Planejamento, uma autorização possa ser concedida ainda este ano.
Fonte:Folha Dirigida

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*