TCM-Rio é porta de entrada para carreira promissora

Tribunal de Contas do Município - RJ

Um exemplo para quem sonha com a aprovação no concurso TCM-Rio 2017, de auditor de controle externo, é Felipe Galvão Puccioni. Auditor do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro (TCM-Rio) há sete anos e, atualmente, conselheiro substituto, Puccioni poderá virar conselheiro titular do TCM-Rio nesta quarta-feira, dia 8, mostrando aos futuros candidatos que vale a pena estudar para ingressar no tribunal.

Na quarta, 8, haverá na Câmara Municipal a sabatina para votar a indicação do servidor ao cargo de conselheiro. Se isso acontecer, Felipe Galvão Puccioni será o primeiro concursado a ocupar o Plenário do TCM-Rio. “Fico orgulhoso porque vim do quadro técnico do tribunal. Hoje, o Plenário tem uma visão política. Se conselheiro, tentarei dar uma visão mais técnica, já que venho do quadro técnico”, assinalou.

Felipe Puccioni
Felipe Puccioni

Felipe Galvão Puccioni ingressou no TCM-Rio em 2011, após ter sido aprovado no concurso de 2010, para auditor de controle externo. Aos interessados na nova seleção para esse cargo, prevista para este ano, o servidor destacou: “valem a pena todos os esforços. O auditor tem uma visão mais ampla, pois audita Saúde, Educação e Segurança, por exemplo. O TCM não é só contábil, mas de prestação de contas e cuidado com a gestão dos recursos. Para quem tem certa flexibilidade e gosta disso, é uma grande carreira”, enfatizou Puccioni.
Preparativos do concurso iniciam em junho

O TCM-Rio começará a preparar o concurso em meados de junho, conforme disse o presidente do órgão, conselheiro Thiers Montebello. Segundo ele, a previsão é de divulgação do edital até o fim deste ano. Em junho, portanto, deverá ser instalada a comissão responsável pela seleção, que ficará à frente da escolha da organizadora, por exemplo.

Thiers Montebello disse ainda que pretende abrir o concurso com pelo menos 25 vagas. Hoje, segundo o setor de Recursos Humanos do órgão, há 19 abertas. No total, porém, a expectativa do órgão é de contratação de até 57 auditores de controle externo. Isso porque, também de acordo com o setor de RH, há 38 aposentadorias previstas até 2021, quando o concurso deverá ser encerrado – prazo de validade será, segundo o TCM-Rio, de dois anos, podendo dobrar.

Muitos benefícios e 12 matérias a estudar

O cargo de auditor de controle externo é destinado a graduados em qualquer área e tem ganhos iniciais de R$13.867,05 que, após três meses de trabalho, sobem para R$17.931,45, pois são somados os encargos especiais, de R$4.064,40. A carga é de 40 horas semanais. As contratações serão pelo regime estatutário, com estabilidade.

No último concurso, em 2010, quando o cargo tinha o nome de técnico de controle externo, os candidatos foram avaliados por meio de duas provas objetivas, cada uma com 70 questões. A organização coube à Secretaria Municipal de Administração (SMA-Rio). O último aprovado, dentro do número de vagas imediatas, obteve 226 pontos nas duas provas, dos 280 possíveis, acertando, portanto, 80% do exame. Isso só comprova a necessidade do estudo antecipado. Veja disciplinas do último concurso abaixo.
infografico-tcm-rj-desktop-primeira-etapa
infografico-tcm-rj-desktop-segunda-etapa (1)
Fonte:Folha Dirigida

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*