Concurso TJSP: Presidente confirma edital para março! Nível médio e até R$ 5,6 mil!

Tribunal de Justiça - SP

O Tribunal de Justiça de São Paulo (Concurso TJSP) terá edital em março para a carreira de escrevente. A informação foi concedida pelo presidente do órgão, desembargador Paulo Dimas Bellis Mascaretti, no último dia 1º de fevereiro.
“Nós já estamos trabalhando para abrir um novo concurso para escreventes para a capital, aqui, da 1ª Região, muito provavelmente no próximo mês”, disse o desembargador Paulo Dimas à FOLHA DIRIGIDA, após abertura do ano Judiciário. Ainda de acordo com o presidente, as primeiras convocações dos aprovados serão iniciadas no início do segundo semestre. Embora o presidente não tenha informado o número de vagas iniciais, o TJ-SP tem tradição de chamar muitos aprovados além das vagas do edital. Em alguns concursos, até três vezes mais.

A pressa em contratar novos servidores é explicada pelo déficit de mais de 3 mil escreventes em todo o estado. O desembargador destacou ainda que um outro concurso para as comarcas da 2ª à 10ª Região Administrativa (capital e interior) será realizado após o fim da validade (termina em dezembro) ou das listas de aprovados do concurso anterior. “À medida que os concursos forem esgotando a possibilidade de recrutamento, nós vamos fazer novos concursos para trazer novos servidores”, garantiu. Com a publicação do edital já em março para a capital e Grande São Paulo, a expectativa é que a prova objetiva aconteça ainda no primeiro semestre.  TJ SP apresenta déficit de 3.159 escreventes em todo o estado

O número é referente a dezembro de 2016 e já engloba aposentadorias e exonerações. A categoria ainda poderá ganhar mais 473 vagas previstas em dois projetos de lei que tramitam na Assembleia Legislativa (Alesp). O primeiro texto (PLC 26/2013) cria 665 vagas, sendo 380 para efetivos e 285 para cargos comissionados. Do total de efetivos, 285 são para escreventes técnicos judiciários. Já a segunda proposta (PLC 44/2016), cria 317 vagas para o órgão, sendo 107 para cargos comissionados e 210 para servidores, sendo 188 para a carreira de escrevente técnico judiciário. O primeiro projeto está pronto para votação, enquanto o segundo, enviado em dezembro, ainda tramita na Comissão de Constituição, Justiça e Redação. Vale lembrar que o número de cargos vagos não representa uma possível número de vagas iniciais a serem oferecidas no próximo concurso, uma vez que as contratações dependem do orçamento

Validade último concurso TJ SP
O órgão tem concurso vigente somente até maio deste ano, porém não há mais aprovados na lista de espera para a comarca da capital. Para a 1ª Região, que também engloba a capital e Grande São Paulo, a lista de cadastro conta apenas com 78 aprovados que devem ser convocados até maio.

O concurso TJSP Escrevente não pode ser prorrogado. Com isso, a expectativa é de que um novo edital TJSP possa ser publicado em breve. O concurso TJSP para o interior tem validade até dezembro de 2017, quando o órgão iniciará o planejamento de um novo concurso para essas circunscrições.

Por tratar-se de um concurso relativamente intermediário, os candidatos devem iniciar imediatamente a preparação. A banca ainda não está confirmada, mas o histórico demonstre a Fundação Vunesp como forte candidata.

Os escreventes técnicos judiciários recebem vencimentos iniciais R$ 5.697,18, já com salário de R$ 4.473,16, auxílio-alimentação de R$ 42 por dia (R$ 924 na média de 22 dias) e auxílio-saúde de R$ 300. Para concorrer ao cargo é necessário ter ensino médio completo (antigo 2º grau).

Último concurso TJSP Escrevente para 1ª Região administrativa
Iniciado em 2014, último concurso TJSP Escrevente p/ as comarcas da 1ª Região Administrativa, com sede na capital registrou 142.345 candidatos disputando 471 vagas, o que significa uma concorrência de aproximadamente 302 candidatos por vaga. Desse total, cerca 108 mil são somente para a capital.

Matérias do concurso TJSP
O exame conta 100 questões, divididas em três blocos.
O bloco I é composto por 24 questões de Língua Portuguesa.

Com 36 questões, o segundo bloco é de noções de Direito e se divide entre as disciplinas de:
  Direito Penal,
  Processual Penal,
  Processual Civil,
  Constitucional,
  Administrativo e
  Normas da Corregedoria Geral de Justiça.

O terceiro e último bloco é de conhecimentos gerais, que conta com 40 questões, divididas entre as disciplinas de:
  Atualidades (4),
  Informática (16),
  Raciocínio Lógico (10) e
  Matemática (10).

O candidato que acertar 50 questões é considerado aprovado. Vale ressaltar que ainda é necessário atingir no mínimo 50% de acerto nas questões de Língua Portuguesa e de conhecimentos em Direito, o que representa 12 e 18 itens, respectivamente. No último concurso, foram convocados para a prova de digitação, equivalente a segunda fase, os primeiros 1.200 candidatos da lista da capital, e os primeiros 100 para as listas das outras circunscrições.

Nomeações concurso TJSP Escrevente
O histórico de muitas convocações para escrevente é um dos grandes atrativos do concurso. O órgão se destaca por convocar muitos aprovados além das vagas iniciais. Somente no último concurso para a 1ª Região Administrativa, que engloba capital e Grande São Paulo, foram convocados 1.711 aprovados, mais de três vezes a oferta inicial do concurso, que foi de 471 vagas. O número de nomeações fez com que a lista chegasse perto do fim, restando apenas 78 aprovados.

Já no concurso para comarcas do interior e litoral, realizado em 2015, a oferta foi de 345 vagas, distribuídas entre as outras nove regiões administrativas do órgão (2ª à 10ª). Neste caso, o número de convocações já superou as vagas iniciais. Até o momento já são mais de 1.200 convocações, de acordo com dados da comissão formada por aprovados no concurso. Neste caso a seleção somou 2.557 aprovados e tem validade até dezembro deste ano.

O formato do concurso dá grande esperança para os remanescentes. O órgão habilita para a segunda fase cerca de três vezes mais aprovados que o da oferta inicial. Já a prova de segunda fase têm caráter somente eliminatório, o que permite que todos os aprovados estejam aptos a nomeação.

Detalhes concurso TJSP Escrevente:
Concurso: Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP)
Banca organizadora: a definir
Cargos: Escrevente Técnico Judiciário (nível médio)
Escolaridade: nível médio
Número de vagas: a definir
Remuneração: R$ 5 mil
Situação: previsto
Previsão para publicação do edital: 2017
Fonte:coachingconcurseiros.com

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*