Câmara de Belo Horizonte abrirá novo concurso! Confira!

Câmara Municipal de Belo Horizonte - MG

Novo sinal verde para os concurseiros mineiros. A Câmara de Belo Horizonte divulgou edital de licitação para contratação de organizadora para reabrir seu concurso, suspenso no início de 2016. O documento prevê a oferta de 98 vagas nos níveis médio, médio/técnico e superior, podendo chegar a 100 até a abertura da seleção. As remunerações variam de R$ 3.447,50 a R$ 7.689,65. As jornadas de trabalho são de 30 horas semanais.

Confira cargos, remunerações e processo de seleção
O destaque da seleção é o cargo de técnico legislativo II, que exige apenas o nível médio. A oferta para esse cargo é de 54 vagas, podendo chegar a 55, com remuneração de R$ 3.447,50. A mesma remuneração abrange os cargos de nível médio/técnico, que são técnico de enfermagem, com uma vaga, mais técnico de saúde bucal e técnico de segurança do trabalho, ambos com duas oportunidades.

Saiba sobre os demais cargos e critérios de seleção
No nível superior, há o cargo de procurador, que tem sete vagas, podendo chegar a oito, e a maior remuneração do concurso, R$ 7.689,65. Destaque, também, para os cargos de consultor legislativo nas especialidades de Saúde Pública, Ciências Sociais e Políticas e Administração Pública, Orçamento e Finanças, que somam sete vagas, mais coordenador do processo legislativo, com 11.

Ainda no nível superior, há as funções de arquivista, analista de tecnologia da informação (vagas divididas em duas especialidades), dentista, engenheiro civil, redator e psicólogo (área organizacional) com duas vagas cada, além de médico e psicólogo (área clínica, com uma vaga cada). Todos os cargos de nível superior, exceto procurador, são remunerados em R$ 5.605,45, já contando com auxílio-alimentação de R$ 27,50 por dia útil trabalhado, benefício estendido a todos os cargos.

A seleção será realizada por meio de prova objetiva de peso 2 contendo as disciplinas de Língua Portuguesa e Conhecimentos Específicos (para redator, ainda haverá Noções de Direito). Os candidatos ainda farão prova discursiva de peso 3, constando de redação para técnico legislativo, elaboração de parecer para consultor legislativo, elaboração de peça prático-profissional para procurador e elaboração de projeto de lei para redator. Para o restante dos cargos, será exigida a elaboração de duas dissertações sobre temas espécíficos da área.

Concurso anterior foi revogado em 2016
O último concurso para a Câmara de Belo Horizonte foi aberto em 2015, oferecendo boa parte dos cargos desta nova seleção. Na época, as inscrições seriam abertas no dia 8 de setembro, mas uma denúncia anônima envolvendo a contratação da instituição organizadora, o Idecan, levou a abertura de inquérito por parte do Ministério Público e consequente suspensão da seleção a quatro dias da abertura das inscrições.

Em 30 de março de 2016, o órgão seguiu ação judicial apresentada pelo MP e decidiu pela anulação do contrato com o Idecan. No mesmo dia, foi divulgado outro comunicado informando a revogação definitiva do concurso e a intenção de abertura de uma nova seleção.
Fonte:Folha Dirigida

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*