Saiba como será o Concurso MPC – PA

Ministério Público de Contas do Estado Pará

O Concurso MPC – PA 2017, para cargos de nível fundamental e médio do Ministério Público de Contas do Pará, está cada vez mais próximo de ser realizado. E um passo importante para a seleção foi dado no último dia 23 de janeiro, quando foi aprovado o termo de referência que norteará o processo de licitação para escolha do organizador.

Com o intuito de dar total transparência ao concurso, o MPC – PA divulgou a íntegra do termo de referência. No documento, foi confirmada a oferta de 30 vagas, já antecipada pela FOLHA DIRIGIDA Online.

Concurso MPC – PA: veja a distribuição das vagas
Do total de vagas anunciadas pelo órgão, 9 serão para preenchimento imediato, após a posse. As outras 21 são destinadas à formação de cadastro de reserva, para contratações ao longo do prazo de validade da seleção, que é de dois anos e pode ser prorrogada.

O concurso MPC-PA terá vagas para cargos que exigem ensino médio, médio/técnico e ensino superior. Os destaques são os cargos de assistente de controle externo, que exige apenas ensino médio, analista de controle externo, que tem ensino superior em qualquer área. A escolaridade de todos os cargos é a seguinte:

Assistente ministerial de Controle Externo – Ensino médio completo.

Assistente ministerial de Informática – diploma de conclusão do ensino médio e, no mínimo, certificado do curso completo de educação profissional técnica de nível médio na área de Informática.

Analista ministerial (especialidade Administração) – curso de graduação em Administração

Analista ministerial (especialidade Ciências Contábeis) – curso de graduação em Ciências Contábeis

Analista ministerial (Especialidade Comunicação Social) – curso de graduação em Comunicação Social

Analista ministerial (Especialidade Controle Externo) – curso de graduação em qualquer área

Analista ministerial – Especialidade Direito – curso de graduação em Direito

Analista ministerial – Especialidade Engenharia Civil – curso de graduação em Engenharia Civil

Analista ministerial – Especialidade Tecnologia da Informação – Diploma de graduação em Tecnologia em Processamento de Dados, Ciência da Computação, Sistemas de Informação, Análise de Sistemas, Redes de Computadores ou afins.

Concurso MPC – PA será composto de duas etapas
O termo de referência também traz a remuneração mensal dos cargos. No caso dos que exigem ensino médio, o valor é de R$3.154,60. Já para as funções que exigem ensino superior, o salário é de R$6.260,22.

Com a definição sobre o termo de referência, a expectativa é de que, em breve, seja aberto processo de licitação para escolha do organizador. A empresa ficará responsável, entre outras coisas, pela prestação de serviços especializados de planejamento, organização e realização operacional do concurso.

O concurso MPC-PA será composto por duas etapas. A primeira será uma prova objetiva e com 60 questões, das quais, 20 questões de conhecimentos gerais e 40 de conhecimentos específicos. Todos também farão uma parte discursivas (dissertação).

Prova será realizada em um dia, pela manhã e à tarde
As disciplinas que integrarão essas duas partes da avaliação ainda serão divulgadas, assim como o conteúdo programático. Mas, já se sabe que elas ocorrerão no mesmo dia, local e horário. Os classificados poderão participar da fase de avaliação de títulos.

O dia da prova objetiva ainda será definido. Mas, já se sabe que elas ocorrerão em um só dia, em dois turnos. No período da manhã, ela será aplicada para os seguintes cargos: analista ministerial (especialidades: Administração, Ciências Contábeis, Comunicação Social, Direito, Engenharia Civil e Tecnologia da informação) e assistente ministerial (Controle Externo e Informática). Já no período da tarde será para os de analista ministerial – especialidade controle externo.

Não há uma data definida para a divulgação do edital, mas a expectativa é de que ele saia em breve. Isto porque o próprio termo de referência da licitação para escolha do organizador estabelece normas que dão a entender que as regras serão divulgadas pouco tempo após a definição da empresa.

Edital pode sair pouco tempo após definição do organizador
Após a assinatura do contrato, o organizador deverá realizar uma reunião com a comissão do concurso, no prazo máximo de dez dias corridos, contados da data de publicação do extrato do contrato no Diário Oficial do Estado do Pará. Além disso, a instituição que for contratada deverá apresentar a minuta do edital em, no máximo, 15 dias úteis, contados da data de realização da reunião inicial.

As datas do concurso serão definidas em breve. Mas, já se sabe que elas deverão ficar abertas pelo período de 20 dias úteis. Além disso, deverão ser realizadas exclusivamente pela internet no site da empresa organizadora e do próprio Ministério Público de Contas do Pará (MPC-PA).

O Concurso MPC – PA, para o Ministério Público de Contas do Estado do Pará, oferece 30 vagas para cargos de nível fundamental e médio, foi anunciado no segundo semestre de 2016. Ele já tem comissão de concurso formada e o próximo passo deverá ser a elaboração do edital de licitação.
Fonte:Folha Dirigida

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*