IBAMA volta a pedir as 680 vagas para oferta em concurso

Ministério Meio Ambiente

Com uma elevada carência de recursos humanos prejudicando o bom funcionamento, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) confirmou que encaminhará ao Ministério do Planejamento um pedido de concurso 2017, para 680 vagas em cargos de de nível superior. Segundo a assessoria de comunicação do órgão, o quantitativo de vagas será o mesmo solicitado em 2016: 500 para analista ambiental e 180 para analista administrativo. Essas quantidades não visam a aumentar o quadro de pessoal, apenas a preenchê-lo, uma vez que se encontra desfalcado em razão de aposentadorias e exonerações.

Confira remuneração inicial dos cargos
Os últimos concursos realizados para essas duas funções aconteceram em 2013 (analista ambiental) e 2014 (analista administrativo), sendo que o prazo de validade desse último expira este ano, o que reforça a necessidade de um novo concurso. Atualmente, a remuneração dos dois cargos é de R$ 7.760,45, incluso o auxílio-alimentação, de R$ 458, para carga de 40 horas semanais. Há também outros benefícios, como adicional de qualificação, adicional de cursos de capacitação e auxílio-creche, no valor de R$ 321.

Tradicionalmente, os concursos para o Ibama são realizados pelo Cespe/UnB e exigem conhecimentos de Língua Portuguesa, Informática, Matemática, Raciocínio Lógico, Atualidades, Administração, Direito e Legislação Ambiental, entre outras disciplinas. Ainda não foram divulgadas as unidades de lotação dos selecionados no próximo concurso, mas há grandes chances de serem as mesmas das seleções anteriores: Acre, Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Paraná, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins.
Fonte:Folha Dirigida

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*