5 dicas infalíveis para você estudar Legislação

Você tem dificuldade para estudar as disciplinas de Legislação? Calma, saiba que “Ninguém fica doido de tanto estudar! É mais fácil ficar doido de tanto ser burro.” Essa é uma frase do jornalista e pesquisador André Azevedo da Fonseca, que serve como referência para muitos concurseiros que pensam “estar ficando loucos” com tanta lei para estudar em determinada prova de concurso público. Acabe com todo o desespero: assista ao vídeo abaixo com cinco dicas infalíveis para estudar Legislação!

Bom, sabemos que esses conteúdos de Legislação não foram praticados no ensino médio, como algumas matérias básicas, e nem são aplicadas em nosso cotidiano, como algumas específicas. Mas, se desesperar não é a melhor solução.

Convenhamos, se você realmente quer alcançar um cargo público e ser nomeado para a vaga dos sonhos não pode se tornar um “fora da lei” e desconsiderar os conteúdos de Legislação do seu edital. Tampouco pode deixar para estudar apenas na última semana ou nos últimos dias, pensando ser algo desnecessário ou “fácil de decorar”.

De acordo com o especialista Fabrício Rêgo, professor de Legislação no curso Estratégia, os estudantes costumam pecar quando acham que deixar para estudar Legislação na última hora auxilia na preparação, em vez de estudar com antecedência. Pelo contrário, essa prática atrapalha e muito, pois o candidato não fez um estudo completo e profundo como precisava.

“Outro erro comum, este ao fazer a prova, é não focar no que estudou na letra da lei, pensando que a banca está indo além da norma. Com isso, tende a perder a objetividade da questão e acaba errando de bobeira”, informa o especialista.

Qual a diferença entre o estudo de legislação para as demais disciplinas? Saiba!
A principal diferença entre o estudo de Legislação para as demais disciplinas do quadro é CONCENTRAÇÃO. Fabrício garante que essa é a principal habilidade que um candidato deve aprender a dominar para se dar bem nesses conteúdos.

“Isso porque, ao passo que em outras disciplinas temos que memorizar conceitos (numa visão lobal), na Legislação precisamos ficar atentos a determinados termos e prazos, ou seja, detalhes que estão na letra da lei, o que exige muita atenção”, explica Fabrício Rêgo.

Ele ainda afirma que mesmo o candidato já estando na fase de revisão dos conteúdos, é importante treinar os olhos para estudar os tópicos como se fosse a primeira vez. Essa é uma boa prática para fixação dos termos, ainda mais com muitos artigos e parágrafos.

Confira a seguir as dicas de como estudar Legislação para concurso público
Já falamos dos erros mais comuns cometidos pelos candidatos e de que forma é realizado o estudo em Legislação. Agora, você verá cinco dicas infalíveis para estudar Legislação de maneira eficaz e não precisará mais se desesperar ao se deparar com todos os artigos. As dicas completas você confere no vídeo abaixo com o professor Fabrício Rêgo.

dicas-para-legislacao-1
1- VALORIZE O EDITAL!
A dica é mais simples do que parece: Não subestime o edital do seu concurso. Estude-o! Se você não avalia o documento mais precioso, que contém todas as informações da sua prova, poderá se dar muito mal. Um descuido no exame fará toda a diferença no final. Por exemplo, ao efetuar uma leitura corrida, com bastante pressa, você poderá deixar passar algum conteúdo importante que está no edital e cairá na prova. Você pode pensar: Justamente esse conteúdo que não estudei irá cair? Sim, pode ser que sim, meu caro. Então, por via das dúvidas, avalie o edital com cuidado e não dê brechas.

dicas-para-legislacao-2

2- CUIDADO COM A FONTE!
Você já brincou de telefone sem fio? Lembra na brincadeira quando a mensagem chegava ao fim toda distorcida? Pois bem, podemos ilustrar para a realidade da Legislação também. Como? Na brincadeira, por exemplo, a correria por transmitir a informação era tanta que ninguém procurava ouvir atentamente, ou então tomar cuidado para não transmitir uma informação errada. Nesse caso, ao estudar o assunto, você DEVE procurar a melhor fonte de estudo e NÃO vá a qualquer site. Procure normas, regimentos, resoluções em sites oficiais e CHEQUE sempre a data da última atualização.

dicas-para-legislacao-3

3- ESTUDE NA INTEGRALIDADE
O professor recomenda estudar a letra seca da norma! Essas normas são cobradas pelas bancas organizadoras de concurso público na sua integralidade. Como, por exemplo, elas podem pegar a lei por completa e colocar na questão, mas também pode pegar apenas um trecho da lei e contextualizar. Por isso, é necessário estudar a letra da lei.

dicas-para-legislacao-4

4- FAÇA MARCAÇÕES!
Essa é uma recomendação primordial para destacar algo importante em determinado artigo, com o intuito de achar com facilidade na próxima busca. Nesses casos, é ainda mais indicado quando se estuda sem a ajuda de algum professor ou curso preparatório.

dicas-para-legislacao-5

5- PRATIQUE!
Assim como é recomendado para todas as disciplinas, e em legislação não poderia ser diferente, o método mais eficaz para uma preparação é: RESOLVER QUESTÕES. Faça exercícios da determinada norma! Caso você não encontre simulado ou perguntas sobre o que está estudando você mesmo pode criar um teste para praticar os conteúdos.
Fonte:Folha Dirigida

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*