Auditor do TCM-Rio: Concurso anunciado para 2017!

Tribunal de Contas do Município - RJ

Um dos concursos 2017 pautados para este ano na cidade do Rio de Janeiro é o de auditor de controle externo do Tribunal de Contas do Município (TCM-Rio), cargo destinado a graduados em qualquer área, com remuneração R$17.931,45. Após o presidente do órgão, Thiers Montebello, anunciar a seleção de forma antecipada, para os interessados já irem se preparando, o próximo passo será formar a comissão que ficará responsável pelos preparativos.

O TCM-Rio ainda não informou quando pretende instalar essa comissão. Contudo, o presidente Thiers Montebello informou que deseja abrir o concurso após concluir o de técnico de controle externo. O resultado final desse está programado para 13 de fevereiro e, portanto, a expectativa é que a comissão seja instalada no mesmo mês. O edital, segundo o presidente, deve sair no segundo semestre.

Inicialmente, serão oferecidas 13 vagas. Contudo, o número de admissões deverá ser bem superior. Segundo o setor de Recursos Humanos do órgão, 44 auditores estarão em condições de se aposentar até o fim do prazo de validade da seleção (em 2021). Dessa forma, poderão ser contratados, durante o prazo de validade do concurso, de dois anos, podendo dobrar, até 57 auditores de controle externo.

A remuneração inicial do auditor é de R$ 13.867,05. Após três meses de trabalho, o valor sobe para R$ 17.931,45, pois são somados os encargos especiais de R$ 4.064,40. A carga de trabalho é de 40 horas semanais. Além da excelente remuneração, os servidores contam com um grande pacote de benefícios, que torna esse certame imperdível.

Confira benefícios e balanço do último concurso
O TCM-Rio oferece auxílio-saúde (até R$ 1.200); auxílio-creche (R$ 1.129), a quem tem dependentes de até 6 anos; e auxílio-educação (R$ 1.129), para os servidores com dependentes de até 17 anos. O regime de contratação é o estatutário, que garante a estabilidade.

O último concurso para o cargo foi realizado em 2010, quando a função tinha o nome de técnico de controle externo. Os candidatos foram avaliados por meio de duas provas objetivas, cada uma com 70 questões. A primeira versou sobre Português (20 questões), Auditoria (dez), Contabilidade Geral (dez), Contabilidade Pública (dez), Matemática Financeira (dez) e Raciocínio Lógico (dez). A outra foi sobre Direito Administrativo (20), Direito Constitucional (15), Direito Financeiro (15), Noções de Informática (cinco), Instrumentos de Controle Externo (dez) e Ética do Servidor na Administração Pública (cinco).
Fonte:coachingconcurseiros.com

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*