Câmara: ganhos de R$ 15 mil e R$ 22 mil atraem muitos candidatos

Câmara dos Deputados

Com previsão na proposta orçamentária da União para 2017, o concurso da Câmara dos Deputados, em Brasília, é uma das grandes oportunidades aguardadas para o ano que vem. São esperadas vagas nos cargos de técnico, de nível médio, com remuneração inicial de R$ 15.246,28, e analista legislativo, de nível superior, com iniciais de R$ 22.426,45.

Além disso, no caso de técnico, são boas as chances da seleção ser principalmente para a função de assistente administrativo, que tem requisito apenas do ensino médio completo, uma vez que a última seleção para a especialidade foi em 2007 e já teve a validade encerrada. Além disso, levantamento da Câmara aponta que 277 das 301 vagas desocupadas de técnico são nessa função.

Há ainda a expectativa de que as provas possam acontecer inclusive no Rio de Janeiro, como aconteceu na seleção de 2007 (houve provas também em Belém, Belo Horizonte, Porto Alegre e Recife, além de Brasília). Na última seleção, em 2014, porém, as provas ocorreram somente na capital federal.

Para os interessados em iniciar desde já a preparação, as provas para técnico na função de assistente administrativo em 2007 foram sobre Língua Portuguesa, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Processo Legislativo (Regimento Interno), Noções de protocolo e arquivo, Noções de Administração de Pessoas, Noções de Administração de Recursos Materiais e Noções de Administração Orçamentária e Financeira.

A previsão do concurso na proposta orçamentária para 2017 é atribuída à Coordenação de Recrutamento e Seleção do Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento (Cefor) da Câmara. Apesar disso, segundo a Assessoria de Imprensa da casa legislativa, como existe uma autorização de concurso expedida pela sua Mesa Diretora em 2014, “tem-se procurado garantir na Lei Orçamentária Anual os recursos necessários à promoção do concurso, de modo a assegurar o cumprimento da regra orçamentária, caso se decida pela sua realização”.

A permissão de 2014 foi para vagas de técnico, na especialidade de assistente legislativo, e de analista, nas especialidades de técnico em documentação e informação legislativa, técnico em material e patrimônio, assistente social e analista de informática legislativa.

O concurso mais recente da Câmara data também de 2014 e teve oferta de 113 vagas de técnico (60 vagas) e analista (53). A seleção teve a validade prorrogada recentemente, até julho de 2018, o que não impede a realização de um novo concurso no ano que vem, desde que seja para especialidades diferentes.
Fonte:Folha Dirigida

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*