Sefaz/SP: novo pedido de 789 vagas de nível médio

Secretaria Estadual da Fazenda de São Paulo

A Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (Sefaz/SP) reforçou, recentemente, junto à Secretaria Estadual de Gestão Pública (SGP/SP) o pedido para realização de novo concurso público para o cargo de técnico da fazenda estadual. O órgão já havia encaminhado solicitação em 2014, para o preenchimento de 650 oportunidades. Porém, a nova solicitação já apresenta um quantitativo mais atualizado, em decorrência do aumento da necessidade de pessoal. Agora, a intenção do órgão é realizar novo concurso para o preenchimento de 789 oportunidades.
Inicialmente, o órgão pretendia iniciar o concurso ainda em 2016, o que ainda não foi possível em decorrência do momento de contenção de gastos pelo qual o governo do estado tem passado. De qualquer forma, a seleção é considerada imprescindível, uma vez que desde maio de 2015, quando encerrada a validade do último concurso para o cargo, iniciado em 2010, o órgão não conta mais como repor suas necessidades.
A intenção da Sefaz/SP, de acordo com a solicitação encaminhada para a Secretaria de Gestão, é nomear os aprovados no novo concurso entre o período de abril a junho de 2017, sendo 260 em abril, 260 em maio e os demais em junho. Porém, isto depende do andamento do pedido e de quando efetivamente o governador Geraldo Alckmin autorizará as contratações.
Para concorrer ao cargo, basta possuir ensino médio completo, com remuneração inicial de R$ 1.961,15, em caso de 50% do Prêmio de Incentivo à Qualidade (PIQ), podendo chegar a R$ 2.896,30, em caso de 100% do complemento, para jornada de trabalho de 40 horas semanais.
Uma novidade para o próximo concurso, já confirmada, segundo informações do presidente do Sindicato dos Técnicos da Fazenda Estadual de São Paulo (Sitesp), Joaquim Goma, é que já está acertado com a Secretaria da Fazenda que o próximo concurso para técnicos contará com vagas regionalizadas. O objetivo, com isto, é que os aprovados possam ser empossados em locais mais próximos de suas residências.
Ainda de acordo com o presidente do sindicato, em declarações recentes, em decorrência da falta de pessoal, a Secretaria da Fazenda tem alocado pessoal não qualificado, em muitos casos, pessoas nem mesmo concursadas, para atender ao público, sem levar em conta o sigilo fiscal, que é prerrogativa apenas dos técnicos e agente fiscais de renda. Porém, antes do concurso, o sindicato vem cobrando do governo algumas melhorias na categoria, no que diz respeito a uma redefinição das atribuições e reestruturação salarial, equivalente aos cargos de nível superior.

Atribuições do técnico da fazenda
Cabe ao servidor que exerce a função de técnico de arrecadação tributária prestar apoio técnico e administrativo necessários ao desenvolvimento das atividades fazendárias, bem como atendimento ao público, no âmbito da secretaria.

Último concurso da Sefaz/SP
O concurso da Secretaria da Fazenda de 2010 contou com um total de 49.716 inscritos para a oferta de 550 vagas. A prova foi composta de 80 questões, sendo 40 de conhecimentos gerais e 40 de conhecimentos específicos. Conhecimentos gerais incluiu temas de língua portuguesa (20), matemática e raciocínio lógico (dez),noções de informática (cinco) e atualidades (cinco). Em conhecimentos específicos, noções de direito constitucional (dez), noções de direito administrativo (dez), noções de direito penal (cinco), noções de direito tributário (dez) e noções de direito civil (cinco). A organizadora foi a Fundação Carlos Chagas.
Fonte:jcconcursos.uol.com.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*