PRF reforçará necessidade de concurso para policial

Agente Polícia Rodoviária Federal

O grupo de trabalho designado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) para elaborar, até o fim deste ano, uma proposta de edital de concurso para policial rodoviário federal se reuniu recentemente com representantes do Ministério do Planejamento e após não conseguir uma sinalização positiva quanto à autorização de um novo concurso para a carreira, irá preparar um documento reforçando a necessidade da seleção.

Além das aposentadorias (há previsão de 3.600 até o fim do ano que vem), o documento deverá trazer dados atualizados do impacto da falta de policiais rodoviários federais para a segurança pública, abordando aspectos como o combate ao tráfico de armas e drogas, sobretudo nas fronteiras. O objetivo é sensibilizar o governo a autorizar um novo concurso para o cargo. Ainda não há previsão para a conclusão e apresentação desse documento.

De acordo com as informações obtidas pela FOLHA DIRIGIDA, o órgão deverá reapresentar o pedido de autorização de concurso no primeiro semestre do ano que vem, para que seja considerado na elaboração da propospta de orçamento para 2018. Apesar disso, caso o governo acate os argumentos da PRF, o concurso poderá ser autorizado já no ano que vem, uma vez que as nomeações só aconteceriam no ano seguinte, tendo impacto a partir justamente do orçamento de 2018.

Órgão quer estar pronto
Desde 2014, a PRF tem apresentado anualmente um pedido de concurso para 1.500 vagas. Este ano, a autorização foi negada em função da situação das contas do governo, que fez com que fosse determinada a suspensão dos concursos no Poder Executivo federal até o fim de 2017. A expectativa é que essas condições possam ser alteradas, permitindo a autorização no ano que vem. “Se isso acontecer, queremos estar prontos para abrir o concurso”, disse uma fonte na PRF.

Além de formar o grupo de trabalho, o órgão irá proporcionar a servidores um curso sobre técnicas de segurança e eficiência no planejamento, realização e controle de concursos públicos e também realiza um estudo das necessidades de efetivo em todo o país. O cargo de policial rodoviário tem como requisitos o ensino superior completo e carteira de habilitação (categoria B ou superior) e, além de estabilidade, proporciona remuneração inicial de R$ 7.177,91, incluindo o auxílio-alimentação, de R$ 458. Há previsão de reajuste para R$ 9.501,98, a partir de janeiro. Os interessados na próxima oportunidade já devem iniciar a preparação, tendo como base o programa do último concurso, de 2013.
Fonte:Folha Dirigida

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*